Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo de componentes bacterianos como adjuvantes para vacinas proteicas contra Streptococcus pneumoniae

Resumo

As infecções do trato respiratório inferior são uma causa importante de mortes no mundo inteiro. Entre os agentes etiológicos mais importantes está o Streptococcus pneumoniae (pneumococo), responsável pela morte de cerca de 400.000 crianças menores de 5 anos, no mundo todo. Além das crianças, idosos também são grupo de risco para as infecções pneumocócicas. As vacinas polissacarídicas são atualmente aplicadas em crianças de diversos países, incluindo o Brasil, e conferem proteção limitada aos sorotipos presentes nas formulações. Nosso grupo de pesquisa tem estudado vacinas compostas por antígenos proteicos, em particular o antígeno PspA (Proteína A da superfície do Pneumococo), para o desenvolvimento de imunidade independente de sorotipos. Em colaboração com o Instituto Pasteur de Paris, estamos testando um sistema baseado na toxina adenilato ciclase (CyaA) de Bordetella pertussis para apresentação de fragmentos de PspA (CyaA-PspA) ao sistema imune, através de experimentos de imunização em camundongos. Os resultados já obtidos, indicaram as formulações com capacidade de promover proteção contra alguns isolados de pneumococo. Entretanto, com o objetivo de melhorar a abrangência da proteção contra diferentes isolados, propomos neste projeto o estudo de novos fragmentos de PspA para apresentação pelo sistema CyaA. Além disso, com o objetivo de aumentar a imunogenicidade das proteínas CyaA-PspA propomos a avaliação de proteínas contendo o epítopo universal PADRE (Pan DR- binding epitope) para estimulação de células T CD4+. Por fim, propomos nesse projeto também o estudo de vesículas extracelulares (EVs) de pneumococo como adjuvantes para os fragmentos do antígeno PspA. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)