Busca avançada
Ano de início
Entree

Modelo de uso de prótese total associado a Candida spp. em ratos machos e fêmeas imunocompetentes

Resumo

A estomatite protética (EP) é uma infecção comum em usuários de próteses, especialmente mulheres. Este estudo avaliou a indução de EP utilizando dispositivos acrílicos fixados ao palato de ratos e inoculação de Candida spp. Ratos machos e fêmeas imunocompetentes receberam dieta rica em carboidratos. Moldagens foram feitas do palato dos ratos para confecção individual dos dispositivos acrílicos. Biofilmes mono e multiespécies de C. albicans, C. glabrata e C. tropicalis foram cultivados nos dispositivos, que foram cimentados nos dentes posteriores e mantidos no palato dos ratos por quatro semanas. Amostras microbianas do palato e do dispositivo foram quantificadas. O microbioma oral dos ratos inoculados com C. albicans foi analisado pelo sequenciamento do gene 16S rRNA. Log10(UFC/mL) foram analisados por MANOVA mista ou de dois fatores (± = 0,05). Candida spp. e o dispositivo acrílico não induziram inflamação palatina macroscopicamente nem microscopicamente. Apesar do aumento (p < 0,001) da microbiota total e das ratas terem demonstrado maior (p = 0,007) recuperação de Candida spp. do palato, as diferenças de sexo não foram biologicamente relevantes. Os resultados do microbioma indicaram um aumento da microbiota inflamatória e redução de bactérias associadas à saúde. Embora Candida spp. e o dispositivo acrílico não terem induzido EP em ratos imunocompetentes, a mudança na microbiota pode preceder a manifestação da inflamação. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)