Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização de novos drivers no desenvolvimento de neoplasias malignas

Resumo

Apesar dos constantes avanços no tratamento do câncer, alguns tipos tumorais continuam apresentando baixíssima morbimortalidade. O programa The Cancer Genome Atlas (TCGA) tem contribuído na identificação de alterações genômicas e genéticas de vários tumores. A extensa produção científica resultante deste programa tem, em geral, encontrado subtipos tumorais que podem ser mais (ou menos) resistentes a tratamento, apresentarem diferente sobrevida (geral ou livre de doença), dentre outros. No entanto, existe uma quantidade enorme de informação que ainda não foi explorada, principalmente na busca de novos marcadores moleculares para o desenvolvimento, progressão ou tratamento do câncer. Assim, pretendemos identificar e a caracterizar novos drivers no desenvolvimento de neoplasias, com abordagens integradas in silico, in vitro e in vivo. Para tal, o primeiro passo será uma análise pan-cancer em 33 datasets do TCGA para a identificação de genes potencialmente importantes na oncogênese. Em seguida, estes serão silenciados in vitro por meio de CRISPR. As vias moleculares a que estes genes fazem parte serão analisadas via NanoString e as linhagens silenciadas serão analisadas funcionalmente para proliferação, apoptose, migração e invasão. Por fim, o papel destes genes de interesse será avaliado in vivo através da análise de angiogênese na membrana corioalantoica (CAM) e em xenoenxertos em camundongos nude. Assim, pretendemos encontrar drivers ainda pouco explorados na oncogênese e caracterizar as vias das quais eles participam, podendo encontrar novos alvos para modulação da oncogênese. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)