Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência do Diabetes gestacional e eventos perinatais no perfil nutricional e metabólico das mães e sua prole no longo prazo

Resumo

Estudar a história natural das doenças crônicas não-transmissíveis (DCNTs), entre elas o Diabetes Mellitus (DM), e seus fatores de risco são de grande relevância para planejar intervenções e políticas públicas direcionadas a fatores potencialmente modificáveis da realidade local. Ao lado dos consagrados fatores de risco cardiometabólicos (CM) - pressão arterial elevada e distúrbios do metabolismo glico-lipídico -, o Diabetes gestacional (DMG) e a obesidade materna têm chamado atenção devido à crescente prevalência e por aumentarem o risco de DM na mãe e conferir à prole maior risco de DM, obesidade e comorbidades associadas no ciclo da vida, indicando que eventos do início da vida possam influenciar a saúde futura da mãe e da prole. O objetivo deste estudo é avaliar o impacto de eventos precoces da vida (estado nutricional e metabólico gestacional, tipo de parto, peso ao nascer, aleitamento materno) no perfil nutricional e metabólico das mulheres que tiveram DMG e sua prole em médio e longo prazos. Pretende-se incluir 936 mulheres que tiveram DMG e foram acompanhadas no Centro de Diabetes e Endocrinologia da Escola Paulista de Medicina da UNIFESP, de 2007 a 2020, quando dados dos períodos pré- e peri-natal foram compilados em banco de dados. Estas mulheres e a prole serão convidadas a retornar ao Centro de Diabetes para avaliação atual, com base em questionários estruturados, exame físico e avaliação do perfil lipídico e glicídico incluindo parâmetros de função de célula beta e de resistência à insulina do binômio mãe-filho. Alíquotas de sangue serão estocadas a -80C para posteriores análises de interesse no escopo da pesquisa. Estudos sobre o impacto em longo prazo do DMG e eventos peri-natais no Brasil são escassos, mas necessários diante da alta prevalência destas morbidades e de peculiaridades locais, relacionadas ao contexto socioeconômico e à miscigenação populacional. O presente estudo apresenta-se como promissor para aprofundar o conhecimento nessa área e identificar potenciais alvos de intervenção para promoção da saúde e prevenção precoce de doença cardiometabólica na mãe e na prole. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)