Busca avançada
Ano de início
Entree

Monitoramento de águas por satélite

Processo: 21/11621-2
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência: 01 de outubro de 2022 - 30 de junho de 2023
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geografia Física
Pesquisador responsável:Marouan Bouali
Beneficiário:Marouan Bouali
Empresa Sede:ORBTY SOLUCOES AMBIENTAIS E ENGENHARIA LTDA
CNAE: Serviços de engenharia
Pesquisa e desenvolvimento experimental em ciências físicas e naturais
Município: Taubaté
Pesquisadores associados: Carolline Tressmann Cairo ; Diego Xavier Bezerra
Bolsa(s) vinculada(s):22/12803-0 - Monitoramento de águas por satélite, BP.PIPE
22/13002-0 - Monitoramento de Águas por Satélite, BP.TT
Assunto(s):Monitoramento da água  Poluição da água  Qualidade da água  Geoprocessamento  Sensoriamento remoto  Barragens  Represas  Imagens de satélites 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Geoprocessamento | Monitoramento de barragem | Monitoramento de represa | Poluição das águas | qualidade da água | Sensoriamento Remoto | Sensoriamento Remoto de Superfícies

Resumo

O acesso à água potável e saneamento são uma das bases da Agenda 2030 da ONU, que define as metas para o desenvolvimento social, econômico e ambiental do Planeta. Neste contexto, o monitoramento dos recursos hídricos vem ganhando cada vez mais importância devido à crescente degradação ambiental e à demanda destes recursos. O planeta terra possui uma superfície terrestre cada vez mais dinâmica e complexa em decorrência das crescentes atividades humanas. O crescimento socioeconômico do Brasil e de outros países favorece uma crescente extração de recursos naturais, construção de infraestruturas, expansão do setor agrícola, entre outros. Todas essas atividades, aliadas a processos de mudanças climáticas, vem aumentando os impactos causados nos recursos hídricos continentais, com consequências ecológicos e socioeconômicas relacionadas à perda da qualidade e da quantidade de água disponível para uso. No entanto, afortunadamente, muitas dessas atividades possivelmente poluidoras e as suas consequências nos recursos hídricos podem ser monitoradas usando satélites de observação da terra. Os avanços na capacidade de processamento e crescente disponibilidade de dados de Sensoriamento Remoto (SR) possibilitam a análise de longas séries temporais para identificar tendências de degradação e da situação atual dos recursos hídricos. Esses resultados são cruciais para o gerenciamento de águas e mitigação de potenciais forçantes em reservatórios ou em cursos d'água. Nesse sentido, a empresa Orbty propõem a desenvolver um sistema de monitoramento de recursos hídricos que dará subsídio à gestão e tomada de decisões para o correto e efetivo manejo dos recursos hídricos. A metodologia será desenvolvida baseada na análise de imagens recentes e de séries temporais para detectar corpos d'água e estimar parâmetros de qualidade da água. Com o uso dessas informações será possível, entre outras soluções, identificar tendências de degradação dos corpos hídricos, como a eutrofização, surgimento de floração de algas tóxicas, aumento da carga de sedimentos em reservatórios e identificar a resposta dos reservatórios a eventos de seca e inundação. Atualmente esses ambientes, quando raramente monitorados, usam dados pontuais obtidos em campo ou usam imagens de sensoriamento remoto de forma limitada. Nesse sentido, o objetivo da empresa Orbty é fornecer soluções tecnológicas para um monitoramento dos recursos hídricos que seja ao mesmo tempo consistente, efetivo e de baixo custo para órgãos públicos e empresas privadas. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)