Busca avançada
Ano de início
Entree

Identificação e análise de RNAs não codificadores longos envolvidos no estado tronco-tumoral em câncer de pâncreas

Processo: 22/06092-3
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de outubro de 2022 - 30 de setembro de 2024
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Daniela Sanchez Basseres
Beneficiário:Daniela Sanchez Basseres
Instituição Sede: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesquisadores associados:Eduardo Moraes Rego Reis ; Ludmilla Thomé Domingos Chinen ; Roger Chammas
Assunto(s):Oncologia molecular  Neoplasias pancreáticas  Carcinoma ductal pancreático  Metástase neoplásica  Quimiorresistência  Células-tronco neoplásicas  RNAs não codificadores  RNA longo não codificante 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:cancer de pancreas | Células tronco-tumorais | Metástase | quimiorresistência | RNAs não codificadores | Oncologia molecular

Resumo

O adenocarcinoma ductal pancreático (PDAC), que representa mais de 90% dos tumores de pâncreas, é um tumor altamente agressivo e letal, apresentando taxa de sobrevida em 5 anos de menos de 10%. Esse prognóstico ruim se deve, entre outras coisas, à disseminação metastática precoce e extremamente agressiva deste tipo de tumor e à resistência à quimioterapia. Uma das características mais importantes para aquisição de capacidade mestastática e quimiorresistência é a aquisição e manutenção de um fenótipo tronco-tumoral pelas células-tronco tumorais (CTTs), uma subpopulação de células tumorais que apresenta uma capacidade excepcional de iniciar a formação de tumores, sendo consideradas responsáveis pela disseminação tumoral, pelo crescimento de mestástases e pela resistência a terapias citotóxicas. Um dos problemas que limita avanços terapêuticos no PDAC é que os mecanismos responsáveis pela manutenção de subpopulações de CTTs capazes de disseminação metastática e quimioresistência ainda são pouco compreendidos. Considerando-se que a aquisição do fenótipo tronco-tumoral é um processo majoritariamente epigenético, nossa hipótese é que RNAs não codificadores longos (lncRNAs) são atores importantes na aquisição deste fenótipo em PDAC e podem, portanto, também servir de biomarcadores de prognóstico. Esta hipótese é embasada por relatos da literatura que demonstram que lncRNAs regulam a maquinaria epigenética e contribuem para a carcinogênese, incluindo vários relatos que enfatizam a importância dos lncRNAs na biologia das CTTs em diferentes tumores. Este projeto tem como objetivo a identificação e validação funcional de lncRNAs envolvidos no estabelecimento do fenótipo tronco-tumoral. Para tanto, inicialmente avaliaremos o perfil transcricional global de lncRNAs associado ao fenótipo tronco-tumoral através de dois modelos distintos: 1) análise transcritômica em um modelo de xenotumores derivados de pacientes representativo da heterogeneidade tumoral de PDAC; e 2) análise transcritômica correlacionada ao índice de stemness em pacientes de PDAC através da análise de dados públicos disponíveis no TCGA. Em seguida, validaremos a expressão diferencial dos lncRNAs identificados em modelos celulares de PDAC enriquecidos para a subpopulação de CTTs, seguido da identificação de vias enriquecidas associadas aos lncRNAs identificados através da análise de redes de co-expressão entre lncRNAs e genes codificadores. Finalmente, realizaremos ensaios funcionais para avaliar a ação dos lncRNAs candidatos no fenótipo tronco de células tumorais pancreáticas in vitro e avaliaremos seu potencial como biomarcador em biopsias líquidas de pacientes portadores de PDAC localizado e metastático. Este conhecimento, não só poderá contribuir com a identificação de novos biomarcadores que podem ser usados para prever prognóstico ou monitorar recidivas, mas também o conhecimento adquirido poderá fornecer pistas importantes para o desenvolvimento de novas abordagens terapêuticas adjuvantes com potencial de melhorar significativamente o prognóstico dos pacientes portadores de PDAC. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)