Busca avançada
Ano de início
Entree

Uso comercial da ressonância magnética nuclear para determinação não destrutiva da maciez da carne bovina

Processo: 21/15223-1
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência: 01 de novembro de 2022 - 31 de outubro de 2023
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Produção Animal
Pesquisador responsável:Fabiane de Souza Costa
Beneficiário:Fabiane de Souza Costa
Empresa Sede:Fit Comércio, Importação e Exportação de Máquinas e Equipamentos Odonto-Médicos Hospitalares e Laboratoriais Ltda
CNAE: Atividades de apoio à pecuária
Município: São Carlos
Pesquisadores associados:Wignez Henrique
Vinculado ao auxílio:17/15336-5 - Desenvolvimento de equipamento portátil de ressonância magnética nuclear para determinação não destrutiva da maciez da carne bovina, AP.PIPE
Assunto(s):Tensão de cisalhamento  Maturação  Carnes e derivados  Maciez da carne  Qualidade da carne  Embalagens de alimentos  Ressonância magnética  Softwares 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:cortes cárneos embalados | Força de Cisalhamento | Maturação | qualidade de carne | Ressonância Magnética | software | Qualidade de carne - Tecnologia

Resumo

O objetivo neste projeto é aprimorar o equipamento desenvolvido no PIPE Fase 2 Direta. Foi desenvolvido um produto mínimo viável (MVP), capaz de determinar a maciez da carne bovina de modo não destrutivo com tempo de análise ao redor de um minuto e meio, acompanhado de um software amigável, para que pessoas sem conhecimento de ressonância magnética nuclear (RMN) e com treinamento simples possam realizar as análises.Nesta fase todos os esforços serão em diminuir o tempo de análise, para próximo de 30 segundos ou menos, fazer com o equipamento funcione em ambiente industrial como os de plantas frigoríficas, e ainda aumentar a correlação da análise de maciez não destrutiva realizada por RMN com as análises de maciez realizadas por método destrutivo, tanto com a técnica de Warner Bratzler Shear Force (método referência), tanto com a Slice Shear Force.Para isso foi realizado uma parceria com a Empresa Marfrig Global Foods, segundo maior frigorífico do Brasil para que os testes sejam realizados dentro da planta frigorífica da empresa e todos os ajustes necessários no equipamento sejam realizados para atender as demandas deste tipo de indústria. O produto resultante deste projeto é de grande interesse de toda a cadeia produtiva de carne bovina, principalmente dos frigoríficos, os quais são considerados os clientes diretos. Com este equipamento desenvolvido, os frigoríficos conseguem utilizá-lo em diferentes situações: - Segregar carnes que eram consideradas commodities em carnes diferenciadas por terem a sua maciez comprovadas pelo equipamento e deste modo, poderem agregar valor neste produto; - Eliminar o uso de algum processo pós abate a fim de aumentar a maciez da carne, como, por exemplo, tenderização mecânica, ou mesmo, diminuir ou não realizar o processo de maturação a frio realizado em câmaras frigoríficas, o que faz que aumente o capital de giro, além de diminuir custo com energia elétrica; - Inserir o selo de maciez certificada em produtos da linha premium, fornecendo deste modo, mais informação e confiabilidade ao consumidor. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)