Busca avançada
Ano de início
Entree

Dispositivo point-of-care para investigação e diagnóstico de câncer de próstata

Processo: 22/07664-0
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência: 01 de novembro de 2022 - 31 de julho de 2023
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Analítica
Pesquisador responsável:Thiago Martimiano do Prado
Beneficiário:Thiago Martimiano do Prado
Empresa Sede:CLYONS PESQUISA E DESENVOLVIMENTO EM BIOTECNOLOGIA INOVA SIMPLES IS
CNAE: Pesquisa e desenvolvimento experimental em ciências físicas e naturais
Município: São Carlos
Pesquisadores associados:Matias Eliseo Melendez ; Ronaldo Censi Faria
Bolsa(s) vinculada(s):22/15237-5 - Dispositivo point-of-care para investigação e diagnóstico de câncer de próstata, BP.PIPE
Assunto(s):Eletroanalítica  Técnicas biossensoriais  Espectrofotometria  Neoplasias da próstata  Diagnóstico de câncer  Point of care 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:biossensor | Câncer de Próstata | Dignósticos | Eletroanálise | espectrofotometria | point-of-care | Biossensores

Resumo

O câncer de próstata é o segundo tipo de câncer mais frequente em homens de todo o mundo ficando atrás apenas do câncer de pele (não-melanoma). A investigação e diagnóstico, atualmente são realizados com auxílio de exame de toque retal da próstata (TRP), quantificação de antígeno prostático específico (PSA) em amostra de sangue e procedimentos de biópsia. Frequentemente, alterações encontradas no TRP e quantificação de PSA sugerem a realização de biópsias desnecessárias, em situações na qual o aumento do tamanho da próstata e elevação do PSA estão relacionados à inflamação benigna da próstata, conhecida como prostatite. A empresa Clyons Diagnóstica é uma startup que tem como propósito o desenvolvimento de diagnóstico point-of-care inovador que permitirá a indicação de biópsia em casos com maior probabilidade de câncer de próstata. As análises serão feitas em uma alíquota de sangue (cerca de 70 µL) podendo a coletado ser feita forma pouco invasiva na ponta do dedo do paciente e os resultados contribuirão para a diminuição de biópsias desnecessárias. Os resultados do teste são baseados na quantificação de três diferentes isoformas do PSA encontradas no sangue, o PSA complexado, PSA livre e p2PSA (biomarcadores proteicos da classe das calicreínas). O teste a ser desenvolvido permitirá a detecção multiplexada dos três biomarcadores com uso de anticorpos específicos e partículas magnéticas para captura, separação e detecção dos alvos. O grande diferencial do produto será a capacidade de quantificação multiplexada dos biomarcadores em uma mesma amostra, de forma rápida, com baixo custo e portabilidade. Para isto será avaliado duas estratégias para detecção dos biomarcadores envolvendo diferentes técnicas analíticas, no caso técnicas eletroquímicas e espectrofotométricas. A correlação entre os níveis de cada biomarcador no sangue irá fornecer informações importantes sobre a saúde da próstata trazendo mais segurança ao profissional de saúde para a indicação de biópsia no caso de suspeita de câncer de próstata e também para o acompanhamento do tratamento de pacientes já diagnosticados com a doença. Com a disponibilidade do dispositivo para a realização de exame em consultórios de urologia e hospitais durante o atendimento dos pacientes, a tomada de decisão sobre cada caso tornar-se-á ágil e eficaz e evitará biopsias desnecessárias . Estas características enaltecem o caráter disruptivo do produto pretendido para o mercado de diagnósticos. O produto permitirá um novo modelo de negócios com a comercialização direta aos consultórios, clínicas e hospitais, descentralizando as análises feitas por laboratórios especializados, mas que também poderá fazer uso do dispositivo. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)