Busca avançada
Ano de início
Entree

Características da evolução de eventos de secas rápidas e mecanismos de respostas à mudança climática considerando correlação espacial

Processo: 22/08468-0
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Programa de Pesquisa sobre Mudanças Climáticas Globais - Regular
Vigência: 01 de janeiro de 2023 - 31 de dezembro de 2025
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Sanitária - Recursos Hídricos
Convênio/Acordo: Fundação Nacional de Ciências Naturais da China (NSFC)
Pesquisador responsável:Eduardo Mario Mendiondo
Beneficiário:Eduardo Mario Mendiondo
Pesq. responsável no exterior: Qianjin Dong
Instituição no exterior: Wuhan University (WHU), China
Instituição Sede: Escola de Engenharia de São Carlos (EESC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Pesquisadores associados:Adelaide Cassia Nardocci ; Danielle de Almeida Bressiani ; Denise Taffarello ; Jamil Alexandre Ayach Anache ; Nilo de Oliveira Nascimento ; Susana Oliveira Dias ; Veber Afonso Figueiredo Costa ; Wilson dos Santos Fernandes
Assunto(s):Secas  Mudança climática  Estudos interdisciplinares  Previsão (análise de séries temporais) 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Correlacao espacial | evolução de eventos | mecanismos de respostas | Mudanças Climáticas | secas rápidas | interdisciplinar

Resumo

Esta Proposta de Cooperação China-Brasil atende os requerimentos da pergunta científica da chamada NFSF-FAPESP "Previsão de mudanças futuras e média de risco de eventos climáticos extremos. Para a China e o Brasil, desenvolver tecnologias e métodos de previsão para diferentes períodos de tempo no futuro, fazer previsão refinada de mudanças futuras e riscos de eventos climáticos extremos na escala regional, melhorar a precisão das previsões para apoiar a adaptação e o desenvolvimento sustentável da região", da segunda área principal de pesquisa da chamada internacional do Programa de Cooperação Científica para o Desenvolvimento Sustentável. Este projeto FAPESP-NFSC objetiva analisar a evolução temporal e espacial das denominadas "secas rápidas" ("flash droughts") e seus mecanismos de respostas às mudanças climáticas. Tomando como base de análise aplicada em áreas selecionadas das bacias do Yangtzé na China e do São Francisco no Brasil, este Projeto estudará as características de secas rápidas, discutirá a caracterização da variação espaço-temporal da intensidade destas secas rápidas, as suas durações e frequência, explorará novas regras compostas e multi-dimensionais de atribuição de assinaturas da duração e intensidade destas secas rápidas a partir de uma síntese de vetores de mudança que serão propostos para processos de estabilização, os quais consideram a correlação espacial (e a heterogeneidade) de diferentes regiões testadas. Será discutido o mecanismo de influência espacial desta correlação em diferentes regiões por onde estas secas rápidas se propagam, e serão quantificados os tipos de mecanismos de resposta destas secas conduzidos por variabilidade climática natural. Baseados nas características analisadas e as regras de mudanças de diferentes câmbios com origem antrópica, serão analisadas as possíveis relações evolutivas e sinérgicas entre estas mudanças e as magnitudes destas secas rápidas, assim como também os mecanismos de correlação espacial de resposta nas diferentes regiões devido às influências antrópicas, quantificadas por modelos bayesianos. O Projeto proporá nova compreensão e regras para caracterizar a magnitude, intensidade, duração e mecanismos de gênese destas secas especiais afetados pela não-estacionariedade das mudanças climáticas, fornecendo suporte teórico e técnico para a melhor compreensão de sua ocorrência, desenvolvimento e gestão. Também, os impactos multidimensionais destas secas rápidas serão abordados relacionando os nexos e integrações entre os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) de pobreza, saúde, educação, saneamento, economia e ação frente às mudanças do clima. Desta forma, esta pesquisa Sino-Brasileira buscará responder questões de "ciência-para-tomada de decisão" sobre os ODS na forma de: (1) Como identificar e caracterizar quantitativamente a evolução temporal de eventos rápidos de secas?, (2) Como analisar quantitativamente os tipos de repostas a estas secas rápidas sob aspectos de uma correlação espacial e de mudanças climáticas?, e (3) Quais caminhos de adaptação são viáveis para os ODSs de maneira de enfrentar e conviver com os impactos destas secas? Também, o Projeto é organizado em quatro etapas metodológicas (Work-packages ou Research Methods): (i) Identificação de rápidos eventos de secas baseados em vetores multidimensionais de síntese, (ii) Análise de respostas a estas secas rápidas a partir de processos de estabilização e equilíbrio; (iii) Análise de resposta a rápidos eventos de secas às mudanças do clima com efeito antrópico baseado em modelos bayesianos, e (iv) Resiliência a secas através de estratégias diversas como: adaptação baseada em Comunidades (CbA), adaptação baseada em Ecossistemas (EbA), soluções baseadas na Natureza (NbS), e Pesquisa-Ação Participativa (P.A.R.)sob cenários de mudanças climáticas de modelos CMIP6, usando Caminhos Sócio-econômicos Compartilhados (SSPs) e Caminhos Representativos de Concentração (RCPs) do IPCC. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GOMES JR, MARCUS N.; RAPALO, LUIS M. C.; OLIVEIRA, PAULO T. S.; GIACOMONI, MARCIO H.; DO LAGO, CESAR A. F.; MENDIONDO, EDUARDO M.. Modeling unsteady and steady 1D hydrodynamics under different hydraulic conceptualizations: Model/Software development and case studies. ENVIRONMENTAL MODELLING & SOFTWARE, v. 167, p. 19-pg., . (22/08468-0)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.