Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação e monitoramento de iniciativas alternativas ao desmatamento no Sudoeste da Amazônia Brasileira

Processo: 22/10403-4
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de fevereiro de 2023 - 31 de janeiro de 2026
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Economia - Economias Agrária e dos Recursos Naturais
Convênio/Acordo: CONFAP - Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa
Pesquisador responsável:Ademar Ribeiro Romeiro
Beneficiário:Ademar Ribeiro Romeiro
Instituição Sede: Instituto de Economia (IE). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Pesquisadores associados:Carolina da Silveira Bueno ; João Alfredo de Carvalho Mangabeira ; lauro charlet pereira ; Lucas Ferreira Lima ; Mitali Daian Alves Maciel ; OLEIDES FRANCISCA DE OLIVEIRA ; Oscar Sarcinelli ; Raimundo Cláudio Gomes Maciel ; Sergio Gomes Tôsto
Assunto(s):Economia ecológica  Biodiversidade  Monitoramento ambiental  Indicadores ambientais  Indicadores socioeconômicos  Desmatamento  Degradação ambiental  Amazônia Brasileira  Região Sudoeste 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Biodiversidade | Economia Ecológica | Inclusão Geodigital | Indicador ambiental | indicador socioeconômico | Valoração Sócio Ambiental | Economia Ecológica

Resumo

O desmatamento e a degradação de ecossistemas aquáticos e terrestres na Amazônia tem avançado em altas taxas devido a implementação de modelos de uso da terra inadequados. Assim, diversas iniciativas têm sido desenvolvidas com intuito depreservar e conservar a Floresta Amazônica, valorizar e promover o sustento das populações amazônidas de forma a manter a floresta em pé e, mais recentemente,iniciativas de recuperação florestal também têm sido implementadas. Embora, muitas destas iniciativas tenham obtido êxito, estas carecem de programas sistemáticos de avaliação e monitoramento dos seus resultados ao longo do tempo. Nossa principal motivação é proporcionar de forma participativa a avaliação e monitoramento da efetividade das iniciativas alternativas ao desmatamento no Sudoeste da Amazônia Brasileira através do uso de indicadores ambientais e socioeconômicos. Os Seringais Porongaba e Filipinas na Reserva Extrativista (RESEX) Chico Mendes, em Epitaciolândia, AC, serão nossas áreas de estudo e de trabalho junto à comunidade local. Nosso projeto está estruturado em três grupos de trabalho - GT: GT - ambiental, avaliará a efetividade de sistemas agroflorestais na conservação da biodiversidade aquática e terrestre e suas funções ecossistêmicas; GT - socioeconomia, avaliará o desempenho socioeconômico das famílias extrativistas na busca pela valoração socioambiental e os pagamentos por serviços ambientais, principais cadeias produtivas e mecanismos para captura de carbono e indicadores sociobioeconômicos ajustados à realidade amazônica; GT - recuperação florestal, promoverá juntamente com cinco famílias da região a implementação de recuperação da vegetação de Áreas de Preservação Permanente. Nosso projeto apresenta um caráter multidisciplinar (i.e. da ecologia à economia) e contará com o apoio da comunidade local, organizações governamentais e não governamentais, além das instituições de ensino e pesquisa envolvidas na proposta. Por fim, nossas ações têm o potencial de se tornarem modelos na avaliação e monitoramento de iniciativas alternativas ao desmatamento para a região. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)