Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da variabilidade genética em duas famílias de aves utilizando sondas de DNA: Psittacidae e Cracidae

Processo: 94/01023-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de junho de 1994 - 30 de junho de 1996
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Molecular e de Microorganismos
Pesquisador responsável:Anita Wajntal
Beneficiário:Anita Wajntal
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Aves  Psittacidae  Cracidae  Variação genética  Polimorfismo genético  Biblioteca genômica  Impressões digitais de DNA 

Resumo

Psitacídeos e cracídeos criados em cativeiro serão estudados pelas técnicas de ii-DNA (DNA fingerprinting), sondas de locos únicos e RAPDs. Os resultados serão comparados com os de aves livres da natureza Estes estudos permitirão dar subsídios para programas de criação em cativeiro para eventuais solturas de repovoamento de aves ameaçadas de extinção. Estas técnicas permitem determinar o sexo, avaliar o grau de similaridade genética e evitar o acasalamento entre aves aparentadas. Os DNAs armazenados possibilitarão estudos futuros sobre as relações filogenéticas entre as espécies estudadas. As técnicas de identificação individual através de estudos de DNA (II-DNA ou DNA-fingerprinting) desenvolvidos por Jeffrey et al (1985) tem encontrado diferentes aplicações e tem se revelado importante subsídio para estudo de animais silvestres. Esta técnica tem sido utilizada em nosso laboratório a partir de 1992 para estudos de psitacídeos brasileiros. Parte dos resultados obtidos foi utilizada para a elaboração da tese de mestrado de Cristina Miyaki e a continuação deste trabalho fera parte de sua tese de doutorado. O nosso estudo com psitacídeos tem despertado o interesse de diferentes grupos de pesquisa que trabalham com aves. Entre estes, existe um trabalho desenvolvido pela CESP de solturas programadas de Cracídeos na área de Paraibuna. Desta forma resolvemos ampliar nossa linha de pesquisa iniciando um subprojeto sobre variabilidade genética de cracídeos e que fornecerá subsídios para o trabalho de tese de mestrado do aluno Sérgio Luis Pereira, recém matriculado na Pós-Graduação em Biologia/Genética sob nossa orientação. (AU)