Busca avançada
Ano de início
Entree

A educação física no contexto do novo ensino médio: traduções e potencialidades

Processo: 22/06919-5
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Programa Ensino Público
Vigência: 01 de fevereiro de 2023 - 31 de janeiro de 2027
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Currículo
Convênio/Acordo: Secretaria de Educação do Estado de São Paulo
Pesquisador responsável:Marcos Garcia Neira
Beneficiário:Marcos Garcia Neira
Instituição Sede: Faculdade de Educação (FE). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesquisadores associados: Clayton Cesar de Oliveira Borges ; Marco Antonio Coelho Bortoleto ; Mônica Caldas Ehrenberg
Auxílios(s) vinculado(s):23/08342-0 - Programa de intervenção para melhoria do sucesso escolar na Educação Física, AP.R SPRINT
Bolsa(s) vinculada(s):23/10494-2 - A educação física no contexto do novo ensino médio: traduções e potencialidades, BP.EP
23/09888-6 - A educação física no contexto do novo ensino médio: traduções e potencialidades, BP.EP
Assunto(s):Educação física  Currículo de ensino médio  Currículos e programas  Ensino médio  Reforma curricular 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:curriculo | educação física | Novo Ensino Médio | Política curricular | Currículo do Ensino Médio

Resumo

O movimento de reorientação curricular que a Educação Física experimenta desde a última década do século passado pouco tem influenciado os currículos do Ensino Médio. Pesquisas recentes apontam a permanência de um ensino obsoleto e desconectado da atual função social da escola, que desconsidera a inserção do componente na área das Linguagens e suas Tecnologias. Enquanto isso, em busca de um maior alinhamento com as demandas contemporâneas, as pesquisas realizadas em instituições de Educação Infantil e Ensino Fundamental produziram a teoria curricular cultural do componente. Centralizado na cultura corporal acessada pela comunidade escolar, o chamado "currículo cultural" problematiza os modos de regulação que perpassam as práticas corporais, entendidas como textos da cultura passíveis de leitura e significação. Muito embora essa concepção se faça presente em documentos oficiais como a BNCC e o Currículo Paulista, praticamente pouco se sabe das suas possibilidades no Ensino Médio. As características dessa etapa, sobretudo no contexto da atual reforma, exigem bem mais que a simples transposição de uma proposta concebida nos anos iniciais da Educação Básica. Assim sendo, a presente pesquisa-ação tem por objetivo identificar especificidades da teoria curricular cultural quando traduzida no contexto da prática na etapa do Ensino Médio. Para tanto, pretende imergir na escola pública paulista e, de forma colaborativa com seus profissionais e estudantes, produzir e analisar experiências curriculares que viabilizem a recriação da proposta, considerando a organização curricular por área e os itinerários formativos. Os registros acumulados desse processo, os documentos recolhidos, a transcrição de entrevistas narrativas e grupos de discussão serão analisados com base no referencial pós-estruturalista. Com o presente estudo, espera-se avançar na produção de conhecimentos sobre o Novo Ensino Médio, subsidiando o trabalho pedagógico com os conhecimentos da cultura corporal em currículos organizados por área, bem como, produzir inovações para o campo curricular da Educação Física. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre o auxílio::
Los profesorados están en crisis en Brasil 
Crise nos programas de licenciatura 
Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)