Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação tardia dos efeitos físicos, psicológicos e cognitivos em uma coorte de pacientes sobreviventes à internação por COVID-19 em hospital universitário terciário: uma abordagem multidisciplinar

Processo: 22/01769-5
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Temático
Vigência: 01 de abril de 2023 - 31 de março de 2028
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Carlos Roberto Ribeiro de Carvalho
Beneficiário:Carlos Roberto Ribeiro de Carvalho
Instituição Sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesquisadores principais:
Emmanuel de Almeida Burdmann ; Linamara Rizzo Battistella ; Orestes Vicente Forlenza ; Thais Mauad
Pesquisadores associados: Alexandre Leopold Busse ; Amaro Nunes Duarte Neto ; Bruno Guedes Baldi ; Claudia da Costa Leite ; Claudia Kimie Suemoto ; Cristiano Mendes Gomes ; Demóstenes Ferreira da Silva Filho ; Dirce Maria Trevisan Zanetta ; Edmar Zanoteli ; Eduardo Magalhães Rego ; Eurípedes Constantino Miguel Filho ; Fabio de Rezende Pinna ; Felix José Alvarez Ramires ; Geraldo Busatto Filho ; Jorge Hallak ; Leila Antonangelo ; Luis Yu ; Luiz Henrique Martins Castro ; Marcel Simis ; Marcio Corrêa Mancini ; Maria Cássia Jacintho Mendes Corrêa ; Maria Concepción García Otaduy ; Maria Elizabeth Rossi da Silva ; Marisa Dolhnikoff ; Marta Imamura ; Michelle Louvaes Garcia ; Nelson da Cruz Gouveia ; Paula Gobi Scudeller ; Paulo Hilário Nascimento Saldiva ; Pedro Caruso ; Ricardo Ferreira Bento ; Sandra Fatima Menosi Gualandro ; Steven Sol Witkin ; Thiago Afonso Carvalho Celestino Teixeira ; Thiago Junqueira Avelino da Silva ; Vanderson Geraldo Rocha
Bolsa(s) vinculada(s):23/13815-4 - Comparação do desempenho diafragmático avaliado pelo ultrassom e da força respiratória entre voluntários saudáveis e pacientes com COVID longa: um estudo observacional caso controle, BP.PD
Assunto(s):COVID-19  Diabetes mellitus  Insuficiência renal  Pneumopatias  Transtornos cognitivos  Transtornos das sensações  Síndrome pós-COVID-19 aguda  Pós-pandemia 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Covid-19 | Diabetes na Covid-19 | insuficiência renal na Covid-19 | pneumopatias da Covid-19 | transtornos cognitivos na Covid-19 | transtornos sensoriais na Covid-19 | Todas

Resumo

A pandemia causada pela COVID-19 acarretou enorme desafio aos serviços de saúde para o tratamento e manejo da fase aguda da doença. Após meses de pandemia ficou claro que havia outro imenso desafio, o acompanhamento e manejo das frequentes sequelas e sintomas persistentes do COVID-19, cuja total magnitude ainda está longe de ser entendida. As manifestações pós-COVID-19 são divididas naquelas que aparecem em até 12 semanas depois da doença (síndrome pós-COVID-19 aguda -SPCA ou sequelas pós-agudas da infecção pelo SARS-CoV-2) ou após este período (síndrome pós-COVID-19 crônica ou "long term COVID"). Não se sabe ainda se são as mesmas doenças ou doenças distintas com diferentes fenótipos de risco. São multifuncionais afetando pulmões, rins, órgãos endócrinos, sistema nervoso central, músculos, intestinos, entre outros órgãos e sistemas. Durante a fase mais crítica da pandemia, o Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HCFMUSP) foi polo assistencial dedicado à internação de pacientes com quadros moderados a graves de COVID-19 em São Paulo, internando mais de 8000 pacientes. O presente estudo analisará coorte de 749 pacientes que sobreviveram à internação por COVID 19 no HCFMUSP ano de 2020. A maioria dos pacientes apresentou COVID-19 grave com internação em unidade de terapia intensiva. Estes 749 pacientes serão avaliados anualmente por equipe multidisciplinar durante quatro anos (a primeira onda de avaliação realizada 6-11 meses após alta já foi completada). A avaliação é composta por exame físico e neurológico, avaliação de saúde mental e de desabilidade, de qualidade de vida e estado físico funcional, testes de função pulmonar, renal, cardiológica, endocrinológica, reprodutiva, hematológica, exames de imagem torácica, testes neurológicos e olfatórios. Além das características médicas individuais, esta população terá seu entorno ambiental (áreas verdes, poluição, características habitacionais) e socioeconômico mapeado. Os objetivos deste projeto são avaliar as repercussões físicas, psicológicas e cognitivas de médio/longo prazo em pacientes com COVID-19 moderado e grave através de abordagem ambulatorial multidisciplinar, identificar as incidências e fatores de risco de acometimentos tardios e elaborar protocolos de intervenções terapêuticas para tratar estas manifestações tardias, analisando o potencial de reversibilidade/atenuação das consequências detectadas nos pacientes. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DAMIANO, RODOLFO FURLAN; ROCCA, CRISTIANA CASTANHO DE ALMEIDA; SERAFIM, ANTONIO DE PADUA M.; LOFTIS, JENNIFER; TALIB, LEDA LEME; PAN, PEDRO MARIO; CUNHA-NETO, EDECIO; KALIL, JORGE; DE CASTRO, GABRIELA SALIM; SEELAENDER, MARILIA F.; et al. Cognitive impairment in long-COVID and its association with persistent dysregulation in inflammatory markers. FRONTIERS IN IMMUNOLOGY, v. 14, p. 13-pg., . (22/01769-5, 21/14379-8, 20/02988-7)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.