Busca avançada
Ano de início
Entree

Propriedades fotocletroquimicas de polimeros condutores eletronicos.

Processo: 94/02493-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de setembro de 1994 - 30 de setembro de 1996
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química
Pesquisador responsável:Marco-Aurelio de Paoli
Beneficiário:Marco-Aurelio de Paoli
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Polímeros condutores 

Resumo

O objetivo central deste projeto é estudar os processos foto eletroquímicos em polímeros condutores. Como conseqüência deste conhecimento desenvolverá dispositivos foto eletroquímicos e fotocélulas. Estes dispositivos são constituídos por multicamadas, isto é: eletrodo metálico/ polímero condutor (semicondutor p ou n), eletrólito e contra eletrodo ou elétrodo metálico/ polímero condutor/ eletrodo metálico. No caso da fotocélula, um dos eletrodos metálicos deve ser parcialmente transparente à luz. Este projeto se insere em uma área de pesquisas bastante recente denominada "Arquitetura de Dispositivos", onde se procura combinar diversos tipos de materiais para criar um dispositivo com propriedades novas, ou melhor, performance que os conhecidos. A vantagem principal dos polímeros condutores é a facilidade de preparação e o baixo custo dos monômeros. Os polímeros estudados neste projeto são: o poli(pirrol) preparado com o surfactante dodecilsulfato de sódio, o poli(3-metil-tiofeno), a polianilina e a poli(o-metoxianilina). Os dois últimos são preparados por síntese química com altos rendimentos (ca. de 90-95%), e topados com ácidos funcionalizados. São materiais já conhecidos, mas que apresentam uma: foto corrente intensa, da ordem de mAcm-2, com uma interessante dependência com o estado de oxidação e o comprimento de onda da luz incidente. Em seguida pretendemos incorporar corantes aniônicos a estes polímeros, usando-os como contra-íons para a síntese ou incorporar corantes não tônicos por codeposição. Deste modo esperamos obter urna amplificação do efeito foto eletroquímico. A síntese do polipirrol usando corantes como contra íon já foi efetuada demonstrando a viabilidade da idéia. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DAS NEVES‚ S.; DA FONSECA‚ C.N.P.; DE PAOLI‚ M.A. Photoelectrochemical characterization of electrodeposited polyaniline. Synthetic Metals, v. 89, n. 3, p. 167-169, 1997.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.