Busca avançada
Ano de início
Entree

Modelos de negócios circulares e ecossistema: incorporando inclusão social

Processo: 20/16011-5
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Temático
Vigência: 01 de junho de 2023 - 31 de maio de 2028
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Administração - Administração de Empresas
Pesquisador responsável:Marly Monteiro de Carvalho
Beneficiário:Marly Monteiro de Carvalho
Instituição Sede: Escola Politécnica (EP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesquisadores principais:
Roberta de Castro Souza ; Susana Carla Farias Pereira
Pesquisadores associados:Afonso Carlos Corrêa Fleury ; Aldo Roberto Ometto ; Breno Torres Santiago Nunes ; Diego Vazquez-Brust ; Flavio Hourneaux Junior ; Gabriela Scur Almudi ; Luciano Campos Batista ; Lucila Maria de Souza Campos ; Thayla Tavares de Sousa Zomer
Bolsa(s) vinculada(s):23/16862-3 - Explorando como os modelos empresariais circulares criam, capturam e compartilham valor por meio de ecossistemas empresariais, BP.PD
23/16787-1 - Explorando como os modelos de negócios circulares criam, capturam e compartilham valor atualmente por meio de ecossistemas de negócios, BP.PD
Assunto(s):Economia circular  Modelo de negócio  Sustentabilidade  Ecossistemas  Inclusão social 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:business model | Circular economy | Ecosystem | scale up | social | value | sustentabilidade

Resumo

A economia circular é um sistema econômico industrial e social para restaurar e regenerar recursos, substituindo o modelo linear de insumo-processo-resíduo por um modelo destinado a maximizar e ampliar a utilidade e o valor de produtos, componentes e materiais. A economia circular pode ser um caminho para a transição para o consumo e produção responsável (Objetivo do Desenvolvimento Sustentável 12). Os modelos de economia circular socialmente inclusivos podem lidar com as crescentes limitações na disponibilidade de recursos naturais e, ao mesmo tempo criar valor para as empresas (redução de custos e novos mercados) e oportunidades de emprego para setores de baixa renda da sociedade (por exemplo, coleta e triagem de produtos usados). No entanto, os modelos de economia circular dependem de interações com muitas partes interessadas que não são controladas diretamente pelas empresas. Todas as partes interessadas constituem o que é conhecido como o ecossistema de negócios de uma empresa. Os ecossistemas de negócios são partes interessadas de diferentes indústrias e locais trabalhando juntos em uma rede com funções complementares. Nosso conhecimento de como os ecossistemas de negócios criam e mantêm o valor ainda é limitado. Do mesmo modo, limitado é o nosso conhecimento de como os modelos de economia circular podem ser mais inclusivos e qual o papel que as comunidades mais vulneráveis desempenham nos ecossistemas de negócios. Como resultado, os modelos de economia circular ainda são escassos e sua capacidade de crescer e capturar participação de mercado é limitada. O projeto visa compreender em profundidade como escalar modelos de economia circular socialmente inclusivos. Para isso, conduziremos trabalho de campo envolvendo empresas que implementam economia circular em diferentes setores produtivos. Investigaremos seus modelos de negócios, os mecanismos usados para criar valor com modelos CE e os papéis desempenhados pelos ecossistemas de negócios. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)