Busca avançada
Ano de início
Entree

Biomarcadores Diferenciais para Diagnóstico Anatomopatológico de Neoplasias Malignas Biliopancreáticas

Processo: 23/01068-0
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de novembro de 2023 - 31 de outubro de 2025
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Anatomia Patológica e Patologia Clínica
Pesquisador responsável:Dorotéia Rossi Silva Souza
Beneficiário:Dorotéia Rossi Silva Souza
Instituição Sede: Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (FAMERP). Secretaria de Desenvolvimento Econômico (São Paulo - Estado). São José do Rio Preto , SP, Brasil
Pesquisadores associados:Ilka de Fátima Santana Ferreira Boin ; Larissa Bastos Eloy da Costa ; Rita de Cássia Martins Alves da Silva
Assunto(s):Carcinoma ductal pancreático  Biomarcadores  Colangiocarcinoma  Expressão gênica  Expressão de proteínas  Oncologia 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:adenocarcinoma ductal pancreático | biomarcadores | Colangiocarcinoma | expressão gênica | expressão protéica | Oncologia

Resumo

Introdução: Neoplasias malignas biliopancreáticas correspondem a segunda maior causa de morte por câncer do trato digestivo, depois do câncer colorretal. Dentre os principais tipos de câncer do sistema biliopancreático, destaca-se o colangiocarcinoma (CCA) e o adenocarcinoma ductal pancreático (ACDP), cujas semelhanças anatomopatológicas dificultam a diferenciação acerca da origem primária dessas doenças. Nesse contexto, a análise em conjunto de marcadores moleculares que participam de vias carcinogênicas como promotores e supressores de tumor, angiogênese e apoptose, poderá contribuir com ineditismo na diferenciação de ACDP e CCA. Objetivos: Analisar a expressão gênica de SMAD4, TGF-²1, VEGF-A, VEGFR-2, HIF-1±, PIK3CA e PTEN em pacientes com ACDP e CCA, assim como das respectivas proteínas, visando identificar potenciais marcadores diagnósticos diferenciais para essas doenças. Casuística e Métodos: Serão estudados 74 indivíduos: 30 pacientes com CCA, 30 pacientes com ADCP e 14 controles, sendo 7 amostras de ducto cístico de pacientes com colelitíase e 7 amostras de tecido pancreático provenientes de necrópsia, todos sem sinais clínicos, bioquímicos e histopatológicos de CCA e ADCP. Tecido parafinado das amostras de tecido tumoral de CCA e ACDP e seu respectivo controle, e amostra de tecido fresco de ducto cístico serão utilizados para a extração de RNA e transcrição reversa para análise de expressão gênica. Além disso, será realizada análise imuno-histoquímica dos respectivos marcadores nos tecidos tumorais e controles. Os dados clínicos serão obtidos em prontuário eletrônico. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)