Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise integrada de dados aplicada ao mapeamento geológico e pesquisa mineral em áreas selecionadas de Cuba

Processo: 94/02998-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de dezembro de 1994 - 30 de junho de 1998
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geologia
Pesquisador responsável:Gilberto Amaral
Beneficiário:Gilberto Amaral
Instituição-sede: Instituto de Geociências (IG). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Processamento de dados  Sensoriamento remoto  Geofísica  Cuba 

Resumo

O uso de dados geológicos, geofísicos e de sensoriamento remoto em áreas selecionadas de Cuba, onde ocorrem cinturões metamórficos, arcos magmáticos e faixas ofiolíticas mesozóicas, poderá permitir a extrapolação de modelos a áreas proterozóicas brasileiras, com ênfase no Estado de São Paulo. Paralelamente, o projeto objetiva a transferência de metodologias para pesquisadores cubanos. Para a melhor compreensão dos regimes geológicos mais antigos, de regiões continentais emersas, a utilização de regiões padrão, onde aqueles regimes se desenvolveram mais recentemente, seria de extrema utilidade. O presente projeto tem como alvo o estudo de uma região geologicamente muito jovem - se comparada ao Brasil - onde ocorreram processos colisionais no Mesozóico e Cenozóico. Diversas feições do Proterozóico do Estado de São Paulo (e também de outras regiões do país) parecem ter sido formadas por processos similares, que poderão ser usados como modelo. O território de Cuba apresenta uma configuração geológica complexa, resultante da sua evolução numa região tectônicamente ativa desde o Mesozóico. Com exceção da abundante sedimentação carbonática, ela se assemelha muito a algumas situações presentes no pré-cambriano brasileiro. (AU)