Busca avançada
Ano de início
Entree

Bioeconomia inclusiva na Amazônia: fortalecimento de cadeias produtivas sustentáveis

Processo: 22/14597-8
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de novembro de 2023 - 31 de outubro de 2025
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Administração - Administração de Setores Específicos
Pesquisador responsável:Jacques Marcovitch
Beneficiário:Jacques Marcovitch
Instituição Sede: Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEA). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesquisadores associados:Adalberto Luis Val ; Carlos Augusto Klink ; Eduardo Góes Neves ; Graziella Maria Comini ; João Carlos de Souza Meirelles Filho ; Joao Paulo Ribeiro Capobianco ; José Augusto Lacerda Fernandes ; Maria Sylvia Macchione Saes ; Paulo Roberto de Souza Moutinho ; Pedro Henrique Santin Brancalion ; Vanessa Cuzziol Pinsky ; Vera Lucia Imperatriz-Fonseca
Assunto(s):Bioeconomia  Inclusão social  Sustentabilidade  Cadeia produtiva  Emprego  Renda (teoria econômica)  Amazônia 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Bioma Amazônia | Cadeias Produtivas | Geração de Emprego e Renda | inclusão social | sóciobiodiversidade | Sustentabilidade | Bioeconomia

Resumo

As cadeias produtivas na Amazônia carecem de práticas mais modernas e inclusivas, que fortaleçam o desenvolvimento de cadeias de valor locais mais sustentáveis, de modo a elevar a renda e o bem-estar das comunidades inseridas no interior das florestas, com conservação da biodiversidade e aumento dos estoques de carbono. O estudo proposto caracteriza-se como uma pesquisa descritiva-exploratória e fundamenta-se nos princípios de pesquisa-ação. O método utilizado será o estudo de casos múltiplos, considerando quatro unidades de análise - as cadeias do pirarucu, do cacau, da meliponicultura e do açaí. Ao término da pesquisa, serão priorizadas recomendações de políticas públicas nas esferas de geração de emprego e renda, bem-estar das comunidades, segurança alimentar, educação para a cidadania e empreendedorismo, capazes de mitigar o nível de atividades econômicas associadas à ilicitude. A sistematização dos casos permitirá a identificação de práticas empresariais atuais e inovadoras para a proposição de modelos replicáveis em outras cadeias de valor. Esses modelos incluirão métricas de monitoramento da governança nos componentes das cadeias produtivas e sua articulação. Com o intuito de obter resultados e gerar impactos, os agentes de entidades privadas e públicas serão engajados desde o início dos estudos no delineamento, realização, disseminação e monitoramento dos resultados empíricos, por intermédio de um conselho de orientação. O conhecimento construído, que inclui a prospectiva tecnológica, será disseminado por meio de conteúdos impressos (livro e artigos), digitais (site, vídeos e podcast) e radiofônicos, além de devolutivas às comunidades locais beneficiadas e engajadas nesta pesquisa. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)