Busca avançada
Ano de início
Entree

Influencia da deacetilação de enzimas no metabolismo de Trypanosoma cruzi

Processo: 23/15330-8
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Pesquisador Visitante - Internacional
Vigência: 01 de julho de 2024 - 31 de julho de 2024
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Parasitologia - Protozoologia de Parasitos
Pesquisador responsável:Ariel Mariano Silber
Beneficiário:Ariel Mariano Silber
Pesquisador visitante: Esteban Serra
Inst. do pesquisador visitante: Universidad Nacional De Rosario/Unr, Argentina
Instituição Sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:21/12938-0 - O metabolismo de aminoácidos em Trypanosoma cruzi: uma caixa de ferramentas para sobreviver em ambientes hostis, AP.TEM
Assunto(s):Bioenergética  Epigenômica 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:bioenergética | epigenética | Modificações pós-traducionais de proteinas | Trypanosomatídeos | Bioquimica e biologia molecular de protistas

Resumo

A doença de Chagas, também conhecida como Tripanosomiase Americana, é uma preocupação significativa de saúde pública nas Américas. É causada pelo parasita protozoário Trypanosoma cruzi e tem potencial para disseminação global devido à migração e rotas alternativas de transmissão. As opções de tratamento atuais têm limitações em termos de eficácia e efeitos colaterais. Consequentemente, há uma necessidade crítica de identificar novos compostos tripanocidas eficazes em todas as fases da doença. Este projeto de pesquisa tem como objetivo obter uma compreensão abrangente do papel da acetilação de proteínas na regulação do metabolismo energético do T. cruzi. Especificamente, investigará o impacto da acetilação, desacetilação e ligação de enzimas metabólicas acetiladas reconhecidas por proteínas contendo bromodomínio. O projeto visa elucidar os mecanismos pelos quais a acetilação influencia a biologia do T. cruzi e sua adaptação a ambientes variados. Para isso, serão utilizadas três linhagens já obtidas de T. cruzi expressando sirtuínas (Sir2rp1 citosólico e Sir2rp3 mitocondrial) e um fator contendo bromodomínio glicosomal (TcBDF1) para analisar o metabolismo energético mitocondrial e avaliar a produção de espécies reativas de oxigênio (ROS) sob a superexpressão dessas proteínas. Essa colaboração aproveita a experiência combinada dos dois grupos de pesquisa para avançar o conhecimento sobre a biologia do T. cruzi, particularmente em relação à acetilação e seu potencial como alvo para o desenvolvimento de novos medicamentos antiparasitários (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)