Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de pré-mix nanotecnológico de curcumina e marapuama nanoencapsuladas para aplicação em suplementos nutracêuticos a fim de prevenir a doença de Alzheimer

Processo: 23/09731-0
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência: 01 de abril de 2024 - 31 de dezembro de 2024
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Biomédica - Bioengenharia
Pesquisador responsável:Eduardo Carità
Beneficiário:Eduardo Carità
Empresa Sede:Funcional Mikron Indústria, Comércio e Serviços de Produtos Alimentícios Ltda
CNAE: Fabricação de produtos alimentícios não especificados anteriormente
Pesquisa e desenvolvimento experimental em ciências físicas e naturais
Município: Valinhos
Assunto(s):Nanotecnologia  Nanoencapsulação  Doença de Alzheimer  Suplementos nutricionais  Curcumina  Curcuma 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Cúrcuma | Doença de Alzheimer | Marapuama | nanoencapsulamento | nutracêutico | Nanotecnologia aplicada à Saúde

Resumo

A doença de Alzheimer (DA) é um distúrbio neurodegenerativo que, com elevada taxa de mortalidade, acomete geralmente indivíduos com idade superior aos 60 anos. A patologia, com etiologia inconclusiva, dispõe de hipóteses em torno da perda significativa da composição cerebral, dentre elas devido ao depósito de proteínas TAU nos microtúbulos dos neurônios, de beta amiloide e a ocorrência de peroxidação que leva à exacerbação de apoptoses no sistema nervoso. Dentre os principais prejuízos do mal de Alzheimer, estão a perda progressiva da memória e prejuízo de múltiplas funções do organismo, piorando com o agravo da neurodegeneração. Com a elevação da incidência mundial da doença, os métodos para diagnóstico do Alzheimer aumentaram significativamente, no entanto, a doença permanece sem propostas de prevenção, redução ou cura, visto que a aplicação de certas terapias é dificultada pela impermeabilidade da barreira hematoencefálica (BHE). Dessa forma, o presente trabalho visa desenvolver um pré-mix oral de curcumina (Curcuma longa) e marapuama (Ptychopetalum olacoides) nanoencapsuladas, a ser futuramente incorporado em suplementos nutracêuticos, para bloquear a oxidação e a morte neuronal e estimular a produção de neurônios de forma não invasiva, a fim de prevenir a doença de Alzheimer grave, provendo maior qualidade de vida aos pacientes e principalmente aqueles em grupo de risco. A ideia da proposta é para fim preventivo e não de tratamento de Alzheimer. Para isso, será necessário caracterizar a composição do extrato de cúrcuma e marapuama, previamente obtidos, validar um método de nanoencapsulação com carreadores lipídicos ou polímeros sintéticos, para que ao fim seja desenvolvido um pré-mix oral a ser incorporado futuramente em produto nutracêutico, com alto teor antioxidante, anti-inflamatório e neurogênico, sem efeitos colaterais tóxicos, capaz de ser misturado em leite e bebidas vegetais para consumo diário. Nesse estudo, com intuito de obter o protótipo inicial, serão performados ensaios in vitro para avaliar a toxicidade das nanopartículas, a concentração de peptídeos A², a quantificação de proteínas TAU, a taxa de apoptose e viabilidade celular, as espécies reativas de oxigênio e níveis de expressão de citocinas. Posteriormente, serão performados estudos in vivo para analisar se as nanopartículas ultrapassam a barreia hematoencefálica. Com o sucesso desse projeto, a Funcional Mikron pretende dar continuidade à Fase 2, tendo em vista a necessidade de testes in vivo com camundongos transgênicos com doença de Alzheimer e testes clínicos futuros com apoio da indústria farmacêutica que potencializará a fabricação do produto em escala industrial e sua distribuição. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)