Busca avançada
Ano de início
Entree

EMU Científico: Aquisição de um "Microscópio Eletrônico de Transmissão de ultra resolução com espectroscopia por perda de energia de elétrons para caracterização estrutural, química e de estados eletrônicos dinâmicos em escala atômica"

Processo: 22/11539-7
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Programa Infraestrutura - Científico
Vigência: 01 de fevereiro de 2024 - 31 de janeiro de 2031
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Materiais Não-metálicos
Pesquisador responsável:Edson Roberto Leite
Beneficiário:Edson Roberto Leite
Instituição Sede: Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM). Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (Brasil). Campinas , SP, Brasil
Pesquisadores associados:Adalberto Fazzio ; Cauê Ribeiro de Oliveira ; Elson Longo da Silva ; Flavio Leandro de Souza ; José Maria Correa Bueno ; Liane Marcia Rossi ; Mateus Borba Cardoso
Assunto(s):Microscopia eletrônica de transmissão 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Eels | Microscopia eletrônica de transmissão | processos dinamicos | TEM Corrigido | 4D-Stem | Microscopia Eletrônica de Transmissão

Resumo

Neste projeto, propomos a compra de um Microscópio eletrônico de transmissão e transmissão varredura (TEM-STEM), com corretor de aberração esférica na sonda e com espectrômetro de perda de energia de elétrons (EELS) de alta resolução, que possibilite a análise de core loss e low loss com resolução de espacial e energética sem precedentes, ou seja, resolução sub-angstron e menor que 250 meV (desejado: 20 meV). Alia-se também a possibilidade de análises espectroscópicas dinâmicas devido a câmeras ultrassensíveis. Equipamento similar a este não existe no Estado de São Paulo, ou ainda no Brasil. Esta proposta conta com o apoio de dois projetos CEPIDs (FAPESP /2013/07296-2 e Processo /2013/07793-6), dois projetos temáticos (FAPESP /2017/02317-2 e FAPESP /2018/01258-5) e cento e vinte e sete (127) projetos complementares (noventa e seis (96) do estado de São Paulo: 77,4 %). Conta com o apoio de sete (7) pesquisadores associados de diferentes instituições (UFSCar, UFABC, USP e CNPEM) sendo, portanto, multi-institucional, que trabalham com diferentes materiais (materiais cerâmicos, óxidos, nanopartículas metálicas, nanopartículas inorgânicas/orgânicas, biointerfaces e teoria). Esta proposta irá beneficiar toda a comunidade cientifica do estado de São Paulo em diferentes áreas como física, química, ciência de materiais, química de materiais, nanomateriais, catálise, biointerfaces, entre outras. Além disto, este equipamento será instalado no LNNano-CNPEM, que é reconhecidamente uma Instituição que faz a gestão, opera e mantem equipamentos multiusuários há mais de 20 anos, além de trabalhar em regime de "laboratório aberto". É importante salientar que o atendimento ao usuário externo é um dos eixos de atuação do LNNano na comunidade cientifica brasileira e paulista. Por fim, esta proposta apresenta um solida contrapartida institucional tanto do ponto de vista de recursos humanos quanto de materiais. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)