Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de controle de qualidade de mudas em laboratórios coligados de biotecnologia

Processo: 99/11514-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência: 01 de abril de 2000 - 31 de maio de 2003
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Vegetal
Pesquisador responsável:Monique Inês Segeren
Beneficiário:Monique Inês Segeren
Empresa:Pro-Clone Comércio de Mudas Matrizes - ME
Município: Holambra
Auxílios(s) vinculado(s):04/14083-6 - Escalonamento na produção de mudas e rotinas de melhoramento genético de flores através de rede de produtores coligados, AP.PIPE3
Bolsa(s) vinculada(s):02/14176-9 - Desenvolvimento de controle de qualidade de mudas em laboratórios coligados de Biotecnologia, BP.TT
02/10631-3 - Desenvolvimento de controle de qualidade em laboratórios coligados de biotecnologia, BP.TT
02/07842-2 - Desenvolvimento de controle de qualidade de mudas em laboratórios coligados de biotecnologia, BP.TT
+ mais bolsas vinculadas 02/03919-0 - Desenvolvimento de controle de qualidade de mudas em laboratórios coligados de biotecnologia, BP.TT
02/04644-5 - Desenvolvimento de controle de qualidade de mudas em labs coligados de biotecnologia, BP.TT
02/03920-9 - Desenvolvimento de controle de qualidade de mudas em laboratórios coligados de biotecnologia, BP.TT
01/10109-2 - Desenvolvimento de controle de qualidade de mudas em Laboratório de Biotecnologia, BP.TT
01/10110-0 - Desenvolvimento de controle de qualidade de mudas em laboratórios coligados de biotecnologia, BP.TT
00/05546-1 - Desenvolvimento de controle de qualidade de mudas em laboratórios coligados de biotecnologia, BP.TT
00/05547-8 - Desenvolvimento de controle de qualidade de mudas em laboratórios coligados de biotecnologia, BP.TT
00/05548-4 - Desenvolvimento de controle de qualidade de mudas em laboratórios coligados de biotecnologia, BP.TT - menos bolsas vinculadas
Assunto(s):Biotecnologia 

Resumo

O objetivo do projeto é a produção em larga escala de mudas sadias de plantas da flora brasileira por meio da cultura de tecidos ou micropropagação in vitro. No segmento das plantas ornamentais, as orquídeas são plantas com grande valor comercial e com enorme potencial para exportação. As mudas de orquídeas podem ser facilmente obtidas por micropropagação in vitro. Atualmente são produzidas em baixa escala pelos colecionadores de matrizes, pequenos produtores e produtores caseiros. A proposta é criar uma infra-estrutura para produzir mudas e meio de cultura para abastecer uma rede de laboratórios e produtores. Pretende-se implantar processos distintos para a produção de mudas micropropagadas e atender a uma rede de produtores de mudas, fornecendo-lhes meio de cultura, mudas, técnicas para implantação dos processos e controle de qualidade in situ, com viveiros e estufas devidamente projetados para cada espécie de planta. Os trabalhos desenvolvidos em uma rede integrada de laboratórios coligados vão melhorar o atendimento do mercado interno e abrir caminho para exportação. Neste projeto será desenvolvido um sistema de supervisão do processo de clonagem de cada cultura e de definição de padrões de comercialização para cada laboratório da rede. Serão realizados programas de melhoramento de Orquídeas e Zantedeschia (Calla) através de hibridações e mutações. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)