Busca avançada
Ano de início
Entree

Picobirnavirus e seu papel na diarreia de suinos.

Processo: 94/06227-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 1995 - 31 de agosto de 1997
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Pesquisador responsável:Maria Silvia Viccari Gatti
Beneficiário:Maria Silvia Viccari Gatti
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Diarreia  Epidemiologia  Suínos 

Resumo

Apesar das primeiras detecções do picobirnavírus (PBV) terem ocorrido em fezes de crianças e suínos com diarréia, seu papel como agente etiológico nesta patogenia ainda não está esclarecido. No presente projeto propomo-nos a estudar se o PBV é realmente um agente de diarréia, utilizando como modelo grupos de suínos. Em um deles, cinco leitegadas provenientes de duas granjas terão suas fezes coletadas nos 42 primeiros dias após o nascimento em intervalos de 3 dias entre uma coleta. Estas fezes serão analisadas em eletroforese em gel de poliacrilamida (PAGE) e ensaio imunoenzimático (EIE) para a detecção do PBV. Com isso, pretendemos analisar a idade de acometimento dos animais bem como o seu período de eliminação. Destes animais e das porcas-mãe, serão coletados soros no 7º, 15º e 35º de vida. As porcas-mãe terão coletados seus colostros e sangues no dia do nascimento das leitegadas. Este material será analisado quanto à presença de anticorpos anti-PBV através de EIE. De um outro grupo de animais, constituído de suínos de 0 a 60 dias de idade, provenientes de diferentes granjas, serão coletadas amostras de fezes diarréicas e não diarréicas em igual numero, antes e após o desmame, uma vez a cada mês do período de coleta (pelo menos 12 meses). Neste grupo de animais estudaremos também a incidência do PBV, a faixa etária dos animais quando da liberação do vírus nas fezes e suas características de sasonalidade. Os perfis eletroforéticos em E6PA do RNAds viral serão analisados quanto aos períodos e locais estudados. Para a definição do papel do PBV na diarréia, suínos recém-nascidos que não tenham mamado o colostro, serão inoculados com suspensão de fezes filtrada contendo o vírus. Os animais serão mantidos em isoladores e monitorados continuamente. Durante a fase de liberação dos vírus nas fezes, os intestinos dos animais serão analisados por imunofluorescência e imunoperoxidase para determinação do sítio de multiplicação viral. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)