Busca avançada
Ano de início
Entree

Modelagem e observação da interação biosfera-atmosfera no Estado de São Paulo

Resumo

Dada a significativa importância dos processos de superfície, especialmente os fluxos de energia, massa e momentum, na interação com a camada-limite planetária, a formação de nuvens cúmulos e o desenvolvimento de sistemas de mesoescala, pretende-se quantificar por meio de medidas micrometeorológicas o balanço de energia sobre as áreas de vegetação predominantes no Estado de São Paulo (cana-de-açúcar, pastagem e milho). Além do próprio entendimento da relação entre ciclo fenológico e dinâmica de vapor d’água, carbono e energia nesses ecossistemas, os dados observacionais serão utilizados na calibração de modelos acoplados biosfera-atmosfera (SiB-RAMS), uma ferramenta a ser utilizada no estudo do impacto dos diferentes tipos de sistema solo-vegetação na simulação numérica da atmosfera sobre a região Sudeste. A calibração é viável igualmente para a validação de modelos de grande escala, como, por exemplo, o modelo do Cptec/Inpe. (AU)