Busca avançada
Ano de início
Entree

Atividades biológicas do veneno de aranhas do gênero Loxosceles e sua neutralização pelo soro antiaracnídico

Processo: 95/03524-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de novembro de 1995 - 31 de outubro de 1997
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Toxicologia
Pesquisador responsável:Ivan da Mota e Albuquerque
Beneficiário:Ivan da Mota e Albuquerque
Instituição-sede: Instituto Butantan. Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Loxosceles  Loxoscelismo  Venenos  Aranhas 

Resumo

O veneno das aranhas do gênero Loxosceles é responsável pelo desenvolvimento de uma síndrome necrosante-hemolítica (caracterizada principalmente pela ocorrência de necrose) no local da picada. Sabe-se muito pouco sobre as propriedades biológicas dos venenos das aranhas Loxosceles. Apesar de uma terapia definitiva para o tratamento do loxoscelismo não estar estabelecida, o tratamento mais utilizado no Brasil é a soroterapia atualmente feita com o soro antiaracnídico. Neste projeto nos propomos a verificar se a imunogenicidade do veneno loxoscélico não é prejudicada pela mistura com os venenos da Phoneutria e do Tityus (utilizados na produção do soro antiaracnídico). Verificar também a eficiência do soroantiaracnídico em neutralizar o veneno loxoscélico. Estudar a composição do veneno quanto ao seu conteúdo em diversas enzimas bem como suas atividades tóxicas. (AU)