Busca avançada
Ano de início
Entree

Estruturas religiosas convergentes no judaísmo e no cristianismo do primeiro século

Processo: 98/13311-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Temático
Vigência: 01 de março de 1999 - 28 de fevereiro de 2003
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Teologia - História da Teologia
Pesquisador responsável:Paulo Augusto de Souza Nogueira
Beneficiário:Paulo Augusto de Souza Nogueira
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Religião. Universidade Metodista de São Paulo (UMESP). Instituto Metodista de Ensino Superior (IMS). São Bernardo do Campo , SP, Brasil
Assunto(s):Cristianismo  Judaísmo  Messianismo  Simbolismo religioso 

Resumo

A pesquisa histórica exegética pressupõe que o cristianismo primitivo já estava separado institucionalmente da sinagoga judaíca, apresentando-se como grupo religioso autônomo, nas últimas décadas do primeiro século. Fica, no entanto, a pergunta se nas elaborações simbólico-religiosas ainda não havia intercâmbios e influência mútua entre judeus e cristãos. Em pesquisas mais recentes (sobre o Jesus histórico, por exemplo) tem-se adotado o "critério de continuidade" em relação à cultura judaica para compreender as origens do cristianismo. Propomos trabalhar com este critério na busca de relações bilaterais entre judeus e cristãos no âmbito da produção literária conhecida como apocalíptica. A literatura e expressão religiosa apocalíptica foi escolhida como palco para esta busca devido à tese de que ela constituía uma espécie de estrutura religiosa básica que "forneceu" a linguagem, símbolos e concepção de expectativa escatológica para o surgimento do cristianismo primitivo, tornando-se uma espécie de matriz religiosa. Propomos neste projeto trabalhar com estruturas religiosas da literatura do cristianismo primitivo e do judaísmo intertestamentário, mais especificamente com textos apocalípticos. Com estruturas pensamos em elementos semântico-formais e também em esquemas simbólicos. O procedimento será comparativo, ou seja, para cada estrutura escolhida deverão ser escolhidos textos referentes à mesma de diferentes corpos literários cristãos e judaicos como o Novo Testamento, os Manuscritos do Mar Morto, Biblioteca de Nag Hammadi, sempre que possível. Serão pesquisadas estruturas comuns entre a apocalíptica judaica e cristã nos seguintes eixos: estruturas messiânico-escatológicas, esquemas mítico-dualistas de apreensão do mundo e práticas mágico-teúrgicas. (AU)