Busca avançada
Ano de início
Entree

Expressao da proteina fos e a organizacao funcional da retina.

Processo: 95/03588-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de outubro de 1995 - 31 de dezembro de 1997
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Citologia e Biologia Celular
Pesquisador responsável:Dania Emi Hamassaki
Beneficiário:Dania Emi Hamassaki
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Imuno-histoquímica  Proteínas proto-oncogênicas c-fos  Sistema visual  Retina 

Resumo

A retina é freqüentemente usada como modelo para estudos estruturais e funcionais no tecido nervoso uma vez que: 1. é facilmente acessível; 2. tem uma organização estrutural bem determinada e de morfologia conhecida; 3. a modalidade de energia ativadora (luz) é passível de especificação física muito precisa; 4. possui (em algumas espécies) células de tamanho compatível com registro eletrofisiológico; 5. características de seus elementos e da forma de organização constituem fatores determinantes de muitas funções visuais que podem ser estudadas por meio de métodos comportamentais (e.g tipos de fotorreceptores determinam tipo de visão de cor, tamanho de fotorreceptores determina acuidade visual máxima possível, grau de convergência determina área de somação espacial, etc.). Este projeto visa a estudar a organização funcional da retina de alguns vertebrados não mamíferos que têm sido extensamente usados como modelos para estudos anatômicos e funcionais integrando numa abordagem multidisciplinar três laboratórios que têm se dedicado separadamente ao estudo do sistema visual. Serão utilizadas técnicas morfológicas, fisiológicas, imuno-químicas e comportamentais para investigar questões fundamentais sobre a organização da retina, como a confirmação da existência de um receptor de luz ultravioleta e seu papel funcional na resposta cromática dos outros tipos. celulares, os neurotransmissores e receptores de membrana inerentes a este canal cromático e aos demais, bem como ao sistema de bastonetes, e as interligações entre tipos celulares específicos. (AU)