Busca avançada
Ano de início
Entree

Cafeína e a resistência do cafeeiro a broca do grão (Hypothenemus hampei) e ao bicho mineiro (Perileucoptera coffeella)

Processo: 95/05267-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de janeiro de 1996 - 31 de dezembro de 1997
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitotecnia
Pesquisador responsável:Oliveiro Guerreiro Filho
Beneficiário:Oliveiro Guerreiro Filho
Instituição-sede: Instituto Agronômico (IAC). Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA). Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Cafeína 

Resumo

Os alcalóides podem ter efeitos alopáticos e atuar como agentes protetores contra a predação de insetos e herbívoros superiores. A cafeína é um dos principais alcalóides presentes no cafeeiro sendo que sua concentração parece aumentar em folhas de cafeeiros resistentes ao bicho mineiro, quando infestadas pela praga. O presente projeto, tem por objetivo avaliar o papel da cafeína na associação de cafeeiros com o bicho mineiro e com a broca dos grãos, as duas principais pragas da cultura, investigando eventuais alterações na concentração do alcalóide ou de seus derivados em diferentes genótipos de café, o nível de tolerância dos insetos à cafeína e as possíveis alterações no ciclo de vida dos insetos. (AU)