Busca avançada
Ano de início
Entree

Intermodulacao da expressao de receptores de angiotensina ii e endotelina i apos injuria vascular.

Processo: 96/00451-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de agosto de 1996 - 31 de dezembro de 1997
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Farmacologia Cardiorenal
Pesquisador responsável:Ana Maria de Oliveira
Beneficiário:Ana Maria de Oliveira
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Angiotensina II 

Resumo

A proliferação anormal do músculo liso vascular é a causa básica da formação de neoíntima. Vários fatores, entre os quais angiotensina II (Ang II) e endotelina-1 (ET-1), estão associados a este processo. Estudos “in vitro" demonstram que Ang II libera ET-1 de células de músculo liso vascular. Outros relatos sugerem um mecanismo de desensibilização cruzada entre estes dois peptídeos. Nos recentemente demonstramos que após injúria vascular com cateter o número de receptores de ET-1 está aumentado a partir do segundo dia pós-lesão, estando estes receptores localizados fundamentalmente na camada adventícia, enquanto que em artérias não lesionados estes receptores localizam-se fundamentalmente na camada média. Nossos resultados revelam que a parir do oitavo dia pós lesão, quando a neointima pode ser detectada, também existem receptores de ET-1. Relatos anteriores demonstraram que os receptores de Ang II estão presentes na neointima. Algum autor tem relatado que Ang II é capaz de promover liberação de ET-1. Considerando todos estes aspectos é objetivo deste projeto estudar como o pré-tratamento e o tratamento com antagonistas específicos de angiotensin II e endotelina 1 atuariam sobre e expressão de receptores de ET-1 e Ang II, respectivamente, após lesão vascular por cateterismo em artéria carótida de rato. O trabalho visa estudar como as alterações no número de receptores de Ang II e ET-1 refletirão sobre a reatividade vascular aos dois peptídeos. A localização anatômica e as características farmacológicas destes receptores serão estudadas por autoradiografia quantitativa. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio: