Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo das alterações hematológicas, bioquímicas e imunológicas em bezerros infectados experimentalmente com isolados de Babesia bigemina (Smith & kilborne, 1893) das regiões norte, nordeste, centro-oeste..

Processo: 96/01281-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de agosto de 1996 - 31 de julho de 1999
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Clínica e Cirurgia Animal
Pesquisador responsável:Aguemi Kohayagawa
Beneficiário:Aguemi Kohayagawa
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Bioquímica clínica  Imunologia  Bovinos  Hematologia 

Resumo

A babesiose bovina compromete a pecuária nacional pelos prejuízos decorrentes da morte de animais e redução na produção, sendo o maior impacto observado entre animais provenientes de áreas livres de carrapatos ou de animais criados em condições de instabilidade enzoótica. O presente trabalho tem por objetivo estudar comparativamente as alterações clínico-laboratoriais em bezerros de aproximadamente cinco meses de idade, infectados experimentalmente com isolados de Babesia bigemina oriundos das regiões Norte, Nordeste, Centro-Oeste, Sul e Sudeste do Brasil. Para tal serão utilizados 25 bezerros subdivididos em cinco grupos compostos por cinco animais. Em cada grupo será utilizado um isolado das respectivas regiões fisiográficas. Serão avaliadas as alterações do hemograma e mielograma; as funções hepática e renal por meio de provas bioquímicas; o perfil eletroforetico das proteínas séricas e o acompanhamento da resposta imunológica por técnica de imunofluorescência indireta. O conhecimento dos efeitos clínico-laboratoriais determinados pelos isolados de B. bigemina poderá auxiliar na seleção de organismos menos patogênicos, contribuindo no aperfeiçoamento de vacinas. (AU)