Busca avançada
Ano de início
Entree

Clonagem e caracterização de novos genes humanos relacionados aos genes da proteína do citoesqueleto da espectrina e da família de trocadores de anions

Processo: 00/12216-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Temático
Vigência: 01 de outubro de 2001 - 31 de março de 2006
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Sara Teresinha Olalla Saad
Beneficiário:Sara Teresinha Olalla Saad
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Pesquisadores principais:Jose Antonio Rocha Gontijo
Bolsa(s) vinculada(s):04/15682-0 - Clonagem e caracterização de novos genes humanos relacionados aos genes das proteínas do citoesqueleto da espectrina e da família de trocadores de ânions, BP.TT
04/00968-6 - Distribuição da banda 3 em cardiomiócitos de ratos submetidos a estiramento celular, BP.IC
03/09548-7 - Análise da expressão e da função da ARHGAP21 em sistema nervoso normal e neoplásico, BP.DD
+ mais bolsas vinculadas 03/06621-5 - Caracterização do papel funcional da ARHGAP10, BP.PD
03/03077-2 - Avaliação do silenciamento gênico da ARHGAP10 em células de mamíferos e sua relação funcional, BP.DD
02/03400-5 - Avaliação da expressão da Formina leucocitária humana em doenças linfoproliferativas e sua influência na evolução clínica e resposta ao tratamento, BP.IC - menos bolsas vinculadas
Assunto(s):Espectrina  Genoma humano  Proteínas  Citoesqueleto  Imunofluorescência 

Resumo

Todas as membranas celulares executam funções altamente especializadas. Apesar de todas apresentarem uma estrutura básica de duas camadas de fosfolípides, um conjunto de proteínas de membrana possibilita cada membrana celular realizar diferentes atividades. Estas proteínas são basicamente periféricas, que compõem o citoesqueleto, e integrais, geralmente glicoproteínas com diversas funções. Proteínas do citoesqueleto são constituídas principalmente por membros da família das espectrinas e anquirinas. Vários domínios destas proteínas são formados por repetições de aminoácidos que concedem às proteínas a capacidade de se articular com outras moléculas. Algumas destas repetições de aminoácidos podem ser ainda encontradas em fatores de transcrição que têm o papel de envolver o DNA. Redes proteicas citoesqueléticas estão presentes em várias estruturas intracelulares e têm importância na reciclagem, tráfico e triagem de proteínas a serem exportadas e podem estar envolvidas na transmissão de sinais, no controle do ciclo celular e da transcrição, no desenvolvimento e morfogênese, no transporte de proteínas, em neoplasias, entre outros. A partir destas evidências fica claro que a identificação de novas isoformas das proteínas citoesqueléticas pode ajudar a identificar e caracterizar estas possíveis funções. Por outro lado, uma função importante das proteínas integrais é o transporte de água e íons através das membranas. Os trocadores de anions da membrana podem ainda apresentar domínio citoplasmático capaz de se ligar às proteínas do citoesqueleto. No caso da hemácia, o trocador de ânions do tipo I (AEI ou banda 3) colabora decisivamente na estabilidade e integridade da membrana eritrocitária, além de regular o pH intra-eritrocitário e o pH plasmático. Nos últimos dez anos, o nosso laboratório vem estudando proteínas da membrana eritrocitária através de caracterização de proteínas e genes como espectrina alfa e beta, anquirina e banda 3. Nosso interesse, atualmente, reside em detectar e caracterizar novas proteínas desta família de genes, assim como detectar ínteração destas com outras proteínas. A partir do Projeto Genoma do Câncer, financiado pela FAPESP, selecionamos vários EST com homologia às proteínas mencionadas. Pretendemos extender estas EST, sequenciar os novos genes e caracterizar as proteínas codificadas pelos mesmos. Além disso, através de ensaios duplo-híbridos, pretendemos investigar novas proteínas que tenham interação com as proteínas mencionadas. É nosso objetivo ainda determínar o padrão de expressão destes novos genes nos diferentes tecidos humanos, o que será realizado por Northern Blotting multi-tecidual, e determínar a localização celular das novas proteínas por imunofluorescência. Finalmente, através de microarrays e macroarrays , avaliar o envolvimento destas proteínas na regulação da expressão de outros genes e seu papel em tecidos tumorais. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Pesquisadores da Unicamp desvendam papel de proteína em metástase 

Publicações científicas (7)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BENTO‚ L.M.A.; FAGIAN‚ M.M.; VERCESI‚ A.E.; GONTIJO‚ J.A.R. Effects of NH4Cl-induced systemic metabolic acidosis on kidney mitochondrial coupling and calcium transport in rats. Nephrology Dialysis Transplantation, v. 22, n. 10, p. 2817-2823, 2007.
DE MAGALHÃES SARTIM‚ R.; FANTINATO MENEGON‚ L.; ROBERTA DE ALMEIDA‚ A.; ANTONIO ROCHA GONTIJO‚ J.; ALINE BOER‚ P. Development of hypertension in a pyelonephritis-induced model: The effect of salt intake and inability of renal sodium handling. RENAL FAILURE, v. 28, n. 6, p. 501-507, 2006.
BENTO‚ L.M.A.; CARVALHEIRA‚ J.B.C.; MENEGON‚ L.F.; SAAD‚ M.J.A.; GONTIJO‚ J.A.R. Effects of NH4Cl intake on renal growth in rats: role of MAPK signalling pathway. Nephrology Dialysis Transplantation, v. 20, n. 12, p. 2654-2660, 2005.
BOER‚ P.A.; MORELLI‚ J.M.; FIGUEIREDO‚ J.F.; GONTIJO‚ J.A.R. Early altered renal sodium handling determined by lithium clearance in spontaneously hypertensive rats (SHR): role of renal nerves. Life Sciences, v. 76, n. 16, p. 1805-1815, 2005.
E.L. COSTA; A.R. ALMEIDA; F.M. NETTO; J.A.R. GONTIJO. Effect of intraperitoneally administered hydrolyzed whey protein on blood pressure and renal sodium handling in awake spontaneously hypertensive rats. Brazilian Journal of Medical and Biological Research, v. 38, n. 12, p. 1817-1824, Dez. 2005.
PAULA BELLINE; PATRÍCIA DA SILVA MELO; MARCELA HAUN; FERNANDA BOUCAULT PALHARES; PATRÍCIA ALINE BOER; JOSÉ ANTÔNIO ROCHA GONTIJO; JOSÉ FRANCISCO FIGUEIREDO. Effect of angiotensin II and losartan on the phagocytic activity of peritoneal macrophages from Balb/C mice. Memórias do Instituto Oswaldo Cruz, v. 99, n. 2, p. 167-172, Mar. 2004.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.