Busca avançada
Ano de início
Entree

Física experimental de altas energias

Processo: 93/00526-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Temático
Vigência: 01 de junho de 1993 - 30 de junho de 1997
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física das Partículas Elementares e Campos
Pesquisador responsável:Carlos Ourivio Escobar
Beneficiário:Carlos Ourivio Escobar
Instituição-sede: Instituto de Física (IF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Auxílios(s) vinculado(s):96/10744-0 - Nikolai Kouropatkine | Petersburg Nuclear Physics Institute - Rússia, AV.EXT
Bolsa(s) vinculada(s):96/11917-5 - Física de hádrons charmosos na E781, BE.PQ
Assunto(s):Física experimental  Física de alta energia  Encanto (física)  Bárion  Híperon 

Resumo

Este projeto cobre a participação do grupo de altas energias do ifusp em duas experiências realizadas no fermilab, a e761 e a e781. A primeira delas, que já havia sido realizada quando do início deste projeto, estando portanto em fase de análise de dados, foi dedicada ao estudo dos decaimentos radiativos dos hiperons sigma e cascada, bem como uma série de outros problemas relacionados com a física de hiperons, tais como momentos magnéticos, polarização inclusiva, precessão de spin através de chanelling, etc. Os principais resultados da e761 foram a confirmação da grande assimetria negativa no decaimento radiativo do sigma mais, a medida da razão de ramificação no decaimento radiativo do cascada menos, o estabelecimento de um novo limite superior para a razão de ramificação do decaimento radiativo do Omega e a primeira observação de polarização inclusiva para o anti-sigma. A experiência e781, constitui o foco deste projeto temático, onde então a contribuição do grupo foi muito mais ampla e ambiciosa, dado que participamos não só em termos de recursos humanos na análise e simulação mas também fornecemos um sofisticado sistema de detectores para o espectrômetro da e781, fato inédito na física de altas energias brasileira. A e787 tem como objetivo principal o estudo abrangente da física dos barions charmosos, desde sua produção, decaimento e passando pela sua espectroscopia. Utilizamos para a produção destes barions charmosos um feixe secundário negativo de 650 gev/c. Este feixe secundário incide sobre um sistema de alvos nucleares e segue-se um sofisticado espectrômetro com numerosos planos de silicon vertex detectors, pwc s, drift chambers, calorimetria e um rich. Nosso grupo construiu o sistema de drift chambers para o espectrômetro rápido frontal da e781, câmaras do tipo vetorial, contendo cada uma 260 fios sensores. A e781 esta agora em período de tomada de dados e os primeiros resultados começarão a aparecer em fins de 1997. (AU)