Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise da deterioração por ação do hidrogênio em unidades de craqueamento catalítico de petróleo

Processo: 96/07168-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 1997 - 31 de agosto de 1998
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Metalurgia de Transformação
Pesquisador responsável:Celia Marina de Alvarenga Freire
Beneficiário:Celia Marina de Alvarenga Freire
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia Mecânica (FEM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Técnicas eletroquímicas  Corrosão 

Resumo

Um dos maiores problemas encontrados em Refinarias de Petróleo é o controle da deterioração por ação do hidrogênio em aços que constituem os vasos das Unidades de Craqueamento Catalftico.A deterioração por ação do hidrogênio é a que causa a maioria das avarias nas Unidades. As pesquisas destes fenômenos realizadas pelos Engenheiros das refinarias têm enfatizado o enfoque da prevenção da corrosão dos vasos e tubulações pela água ácida, para a seleção de materiais, medidas de controle e técnicas de reparo, sendo a utilização de inibidores cada vez mais indicada. Entretanto, poucas pesquisas são publicadas sobre a avaliação e prevenção da ação do hidrogênio nos equipamentos bem como sobre a origem do hidrogênio que provoca a deterioração dos aços Neste sentido, a proposta deste projeto é identificar a presença de hidrogênio nas chapas de aço utilizadas nos vasos e determinar os coeficientes de difusão, a solubilidade e a permeabilidade do hidrogênio nestes aços. Conjuntamente.será estudado o processo corrosivo destes aços pela água ácida, com enfoque nas reações de corrosão e no hidrogênio formado nestas reações além da formação e dissolução da película protetora. (AU)