Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da ação de alguns antibióticos utilizados em fermentação alcoólica pelo consumo de açúcar por bactérias contaminantes

Processo: 96/07542-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de abril de 1997 - 31 de dezembro de 1997
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Pesquisador responsável:Gil Eduardo Serra
Beneficiário:Gil Eduardo Serra
Instituição-sede: Centro Pluridisciplinar de Pesquisas Químicas, Biológicas e Agrícolas (CPQBA). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Paulínia , SP, Brasil
Assunto(s):Lactobacillus  Antibióticos  Fermentação alcoólica  Bacillus 

Resumo

Este projeto pretende introduzir o consumo de açúcar por bactérias contaminantes dos processos de fermentação alcoólica como uma nova forma de avaliação de agentes antimicrobianos utilizados no controle da infecção nas destilarias. Para a realização dos testes serão utilizadas 6 linhagens de bactérias comuns no ambiente da fermentação alcoólica: Lactobacilos fermentum, L. plantamm, L. helveticus, Bacillus coagulans, B. subtilis e B. megaterium. As bactérias serão inoculadas em meio de cultivo à base de sacarose e submetidas a 3 dosagens diferentes de cada um dos dois antibióticos testados: penicilina e HJ®. As alíquotas para análises serão retiradas nos tempos 0, 3, 6 e 24 horas de ensaio e submetidas aos seguintes testes: concentração de microrganismos, açúcar, pH, acidez total e biomassa produzida. A indústria da cana-de-açúcar no Brasil vem ocupando posição de destaque no cenário econômico desde a sua implantação. A partir da década de 70, com a instalação do Proálcool (Programa Nacional do Álcool), na busca de uma solução para a crise do petróleo, o Brasil tornou-se pioneiro na produção em larga escala de um combustível alternativo em substituição à gasolina (BERTELLI, 1992) Nos últimos 20 anos assistiu-se ao crescimento da atividade sucro-alcooleira com a implantação de novas destilarias de álcool e concomitante aprimoramento dos processos industriais de fermentação alcoólica, e desenvolvimento de pesquisas com objetivo de melhorar o seu rendimento e produtividade. (AU)