Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação ambiental e econômica dos lagos de pesque-pague na microbacia do Rio Piracicaba: estudo de casos

Resumo

O sistema operacional de pesca esportiva conhecido como "pesque-pague" tem se apresentado como um novo e potencial nicho de mercado na produção aquática no Estado de São Paulo. O Instituto de Pesca estima em 500 o número desses empreendimentos no estado. A maior concentração, 70%, ocorre em um raio de 200 Km do centro da capital paulista. Entretanto, como uma atividade nova, o "pesque-pague" ainda não observa sistematicamente aspectos de gerenciamento ambiental e econômico. O objetivo deste projeto é analisar, através de métodos analíticos convencionais do tipo "check list" para os atributos ambientais e de custo-benefício para os econômicos, a rentabilidade e o perfil ambiental desses empreendimentos. Os resultados do estudo favorecerão os empresários no processo de tomada de decisão pela disponibilização de informações ambientais e econômicas básicas acerca dos "pesque-pague". (AU)