Busca avançada
Ano de início
Entree

As chuvas de verão em São Paulo

Processo: 93/00545-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Temático
Vigência: 01 de dezembro de 1993 - 31 de janeiro de 1998
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Meteorologia
Pesquisador responsável:Maria Assunção Faus da Silva Dias
Beneficiário:Maria Assunção Faus da Silva Dias
Instituição-sede: Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Auxílios(s) vinculado(s):97/05699-8 - Osvaldo luiz leal de Moraes | Univ federal santa maria/ufsm - Brasil, AV.BR
96/07782-7 - Marek Uliasz | Department of Atmospheric Science/Colorado State University - Estados Unidos, AV.EXT
96/03262-9 - Jan Albert Elbers | Winand Staring Centre for Integrated Land, Soil and Water Research - Holanda, AV.EXT
+ mais auxílios vinculados 95/03158-4 - Analysis of the tropical extratropical interactions, PUB.ART
94/06217-9 - Peter M. Caplan | National Meteorological Center - Estados Unidos, AV.EXT
94/01550-1 - Claude Langrand | Université Lille 1 - França, AV.EXT - menos auxílios vinculados
Bolsa(s) vinculada(s):97/00095-7 - Padrões de precipitação associados à zona de convergência do Atlântico Sul, BP.MS
96/01591-5 - Análise via satélite do potencial de ocorrência de tempestades severas, BP.IC
95/03293-9 - Um modelo de difusão hidráulica multi-camadas no solo acoplado ao modelo SIB (Simple Biosphere model), BP.IC
95/03385-0 - Análise diagnóstica do jato sub-tropical durante a evolução da Zona de Convergência do Atlântico Sul, BP.IC
Assunto(s):Meteorologia sinótica  Previsão do tempo  Precipitação atmosférica  Chuva  Sensoriamento remoto  Radar  Simulação numérica  São Paulo (SP)  Mudança climática 
Publicação FAPESP:http://media.fapesp.br/bv/uploads/pdfs/Contribuições...climáticas_65_101_102.pdf

Resumo

O projeto aborda um problema básico relativo à previsão do tempo na região da cidade de São Paulo que são as chuvas intensas no verão, que levam com freqüência às enchentes. O monitoramento da precipitação e sua evolução são analisados desde a situação global e de grande escala, através da caracterização de influências remotas ("teleconexões") e dos sistemas sinóticos associados às situações de chuvas intensas, até a mesoescala onde a formação de sistemas convectivos e sua dependência das circulações locais (como a topografia e contrastes terra-água) é enfocada. A metodologia utilizada envolve principalmente a modelagem numérica e a análise observacional utilizando dados das redes operacionais, dados de análises globais e dados obtidos por sensoriamento remoto via radar e satélite. Resultados de experimentos de campo realizados no passado (Projeto RADASP II - FAPESP) são usados em testes das simulações numéricas. A modelagem numérica da atmosfera é realizada através do modelo "regional atmospheric modelling system" - RAMS - no caso das simulações de meso e escala sinótica e através de modelos globais no caso das tele conexões. A tradição da equipe em estudos numéricos e observacionais em dinâmica de grande-escala e de mesoescala, assim como a utilização de técnicas de sensoriamento remoto, representam a base para o desenvolvimento deste trabalho. Um dos focos principais das pesquisas tem sido a zona de convergência do Atlântico Sul - ZCAS: sua relação com outras fontes tropicais de calor como a zona de convergência do Pacífico Sul - ZCPS, a zona de convergência intertropical - ZCIT, e a convecção amazônica; sua climatologia e variação diurna; sua relação com a intensificação orográfica; a formação de convecção intensa embebida em áreas estratiformes; a influência dos processos de superfície; a estrutura fina da precipitação associada. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.