Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação de sistemas de recuperação de pastagens degradadas na Amazônia: critérios agronômicos, ambientais e econômicos

Resumo

As pastagens constituem o principal tipo de uso da terra na Amazônia brasileira. Têm-se observado que após quatro a dez anos de uso inicia-se um processo de degradação, caracterizado pelo declínio da produtividade e vigor da pastagem e predomínio de plantas invasoras. 0 uso de estratégias de recuperação e reforma de pastagens tem preferência, em relação à incorporação de novas áreas pelo processo tradicional de derrubada e queima da floresta, por questões econômicas e ambientais. 0 presente projeto tem como objetivo geral estabelecer as práticas agrícolas mais adequadas para a recuperação de pastagens em processo de degradação na Amazônia, usando a interpretação conjunta de critérios agronômicos, ambientais e econômicos. Para atingir este objetivo será conduzido um experimento em área pré-selecionada de 63 lia de uma pastagem em processo de degradação, localizada na fazenda Nova Vida, município de Ariquemes/RO. Visando garantir a escolha de um local hornogéneo e representativo para a instalação do experimento, a área pré-selecionada será caracterizada em relação à topografia, atributos químicos e físicos do solo, produção e valor nutritivo da forragem, grau de infestação e composição botânica das plantas invasoras. Serão utilizadas técnicas de geoestatística e geoprocessamento para melhorar e a precisão e a profundidade da análise dos dados. 0 experimento consistirá em quatro blocos, cada um com seis tratamentos de recuperação da pastagem: 1) controle; 2) herbicida + NPK + micronutrientes; 3) gradagem + NPK + micronutrientes; 4) gradagem + consórcio braquiária/ leguminosa + PK + micronutrientes; 5) aração + gradagem + plantio de arroz + NPK + micronutrientes (Sistema Barreirão); 6) aração + gradagem + rotação soja/milheto/ soja + PK + micronutrientes. No decorrer dos três anos do experimento, os tratamentos serão avaliados através da medida de diversas variáveis que compõem os critérios agronômicos, ambientais e econômicos, tais como: i) produção, valor nutritivo e digestibilidade da forragem; ii) distribuição do sistema radicular; iii) qualidade do solo: agregação, resistência à penetração, estoques e frações do carbono (C), nitrogênio (N) e fósforo, CTC, acidez, disponibilidade de nutrientes, macrofauna, biomassa microbiana; iv) análise química da solução do solo: C e N orgânicos dissolvidos, potássio, nitrato e amônio; v) fluxo de gases: CO2, N20 e NO; vi) seqüestro de C e N; vii) análise da viabilidade econômica. Os resultados agronômicos, ambientais e econômicos serão avaliados conjuntamente através de análise de variância multivariada para a definição do(s) tratamento(s) mais adequado(s), que atenda(m) os três critérios. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CARMO, JANAINA BRAGA DO; PICCOLO, MARISA DE CÁSSIA; ANDRADE, CRISTIANO ALBERTO DE; CERRI, CARLOS EDUARDO PELLEGRINO; FEIGL, BRIGITTE JOSEFINE; SOUSA NETO, ERÁCLITO; CERRI, CARLOS CLEMENTE. Short-term changes in nitrogen availability, gas fluxes (CO2, NO, N2O) and microbial biomass after tillage during pasture re-establishment in Rondonia, Brazil. SOIL & TILLAGE RESEARCH, v. 96, n. 1/2, p. 250-259, Oct. 2007.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.