Busca avançada
Ano de início
Entree

Fluxos de gases associados à cobertura vegetal e ao uso da terra na Bacia Amazônica brasileira

Processo: 97/00446-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Temático
Vigência: 01 de junho de 1997 - 30 de novembro de 2000
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Ciência do Solo
Pesquisador responsável:Carlos Clemente Cerri
Beneficiário:Carlos Clemente Cerri
Instituição-sede: Centro de Energia Nuclear na Agricultura (CENA). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):99/03098-2 - Distribuição e biogeoquímica de compostos inorgânicos associados a conversão da floresta em pastagem em Rondônia, utilizando análises multielementares, BP.PD
98/05557-1 - Valorização do conhecimento relativo as mudanças do uso da terra na Amazônia e suas consequências no ciclo global do carbono, BE.PQ
98/07445-6 - Alteração no ciclo do nitrogênio, carbono e fósforo decorrentes das mudanças do uso da terra na Bacia Amazônica brasileira, BP.IC
97/13198-9 - Sistema radicular e a sua influência no fluxo de gases na sucessão floresta / pastagem na Amazônia Brasileira, BP.PD
Assunto(s):Uso do solo  Pastagens  Nitrogênio  Fósforo  Carbono  Ecossistema amazônico  Mudança climática 
Publicação FAPESP:http://media.fapesp.br/bv/uploads/pdfs/Contribuições...climáticas_1_29_30.pdf

Resumo

O projeto visa medir as alterações chave dos processos do solo, principalmente o fluxo de gases do solo para a atmosfera, decorrentes da conversão da floresta tropical úmida em pastagens no estado de Rondônia. A meta final é correlacionar os dados obtidos com os da literatura e alimentar modelos que permitam previsões de como as mudanças de uso da terra interferem na concentração global de gases na atmosfera. O desenvolvimento do projeto será baseado nas medidas das alterações das propriedades físicas e químicas, estoques e taxas de ciclagem de C, N e P no solo. Serão estudados também os principais fatores que controlam o fluxo de Co2, N2O e no entre o solo e a atmosfera pelo monitoramento das taxas de emissão sob floresta e pastagens, e através de experimentos de manipulação da disponibilidade de nutrientes (N e P) e umidade do solo. (AU)