Busca avançada
Ano de início
Entree

Ecologia trófica do lobo-guará, Chrysocyon brachyurus (Mammalia: Canidae), no Sudeste do Brasil

Processo: 97/06090-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de outubro de 1997 - 30 de abril de 2000
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia Aplicada
Pesquisador responsável:Jose Carlos Motta Junior
Beneficiário:Jose Carlos Motta Junior
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Dispersão de sementes  Cadeia alimentar  Dieta animal  Canidae  Lobo guará 

Resumo

O lobo-guará (Chrysocyon brachyurus) é o maior canídeo silvestre da América do Sul, estando listado como "Vulnerável" mundialmente (IUCN, Livro Vermelho) e como "ameaçado de extinção" no Brasil (Portaria 1522/89, IBAMA). Poucos estudos têm sido feitos sobre a espécie em liberdade, e o conhecimento de sua ecologia trófica, apesar de mostrar a tendência marcante para a onívora, ainda é incipiente em outros aspectos que o da simples dieta. Por exemplo, nada ainda foi comprovado em termos de seleção e preferência alimentar tanto de animais como frutos, apenas um estudo quantificou o número de presas individuais e estimou a biomassa consumida, faltam estudos quanto as relações tróficas do lobo com outros carnívoros simpáticos, e para as várias espécies de frutos consumidas pelo lobo somente o caso da lobeira (Solanumycocarpum) foi preliminarmente estudado quanto ao papel desempenhado pelo canídeo como agente dispersor de sementes. Dessa forma pretende-se desenvolver um estudo de campo cobrindo dois ciclos climático-ecológicos completos no sudeste do Brasil sobre a ecologia alimentar do lobo-guará, incluindo coletas em várias localidades dos estados de São Paulo e Minas Gerais, tanto preservadas como em variados graus de perturbação, objetivando: (1) um perfil mais completo da dieta de C. brachyurus, enfatizando o número de indivíduos e a biomassa estimada dos itens consumidos, incluindo análise de sazonalidade e nível de predação de criações animais; "(2) estudar a dieta em várias localidades para verificar possível correlação com fatores ambientais; (3) em uma área determinada, avaliar se está ocorrendo ou não seleção de espécies de presas e frutos, por meio de monitoramento simultâneo de dieta e abundância/densidade dos itens alimentares; (4) estudar a sobreposição trófica do lobo com outros carnívoros simpáticos; (5) avaliar a legitimidade e a eficiência de dispersão de sementes pelo lobo-guará; e (6) quantificar as atitudes e conhecimentos da população humana em relação a esse canídeo em várias localidades. Os resultados oriundos da pesquisa possibilitarão maiores subsídios para um programa de conservação dessa espécie. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
QUEIROLO‚ D.; MOTTA-JUNIOR‚ J.C. Prey availability and diet of maned wolf in Serra da Canastra National Park‚ southeastern Brazil. ACTA THERIOLOGICA, v. 52, n. 4, p. 391-402, 2007.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.