Busca avançada
Ano de início
Entree

Captura, permanência e escape de ressonâncias do Sistema Solar

Resumo

Este projeto visa o estudo da evolução orbital de longo termo dos corpos menores do Sistema Solar, principalmente Asteróides, Satélites e Cometas, com ênfase nos processos associados à captura, permanência e escape de ressonâncias. A evolução pode ser conservativa ou dissipativa. A principal forma de evolução conservativa é a evolução caótica normal em todo sistema de dinâmica complexa. A principal forma de evolução dissipativa no Sistema Solar atual é consequência dos fenômenos de maré que se verificam nos planetas e satélites, mas a evolução passada de satélites e asteróides pode ter envolvido processos associados à dissipação da nuvem pré-planetária. Tópicos: 1) Evolução Conservativa. Difusão Caótica; 2) Evolução Dissipativa. Efeito Poynting-Robertson; Arrasto Gasoso de Stokes e Formação Planetária; 3) Captura em Ressonâncias; 4) Fenomenologia de Alta Excentricidade. Asteróides. Hyperion; 5) Falhas de Kirkwood. Cosmogonia de Falhas e Grupos; 6) Famílias de Asteróides Resoonantes; 7) Caos e Estabilidade no Sistema Solar Exterior. Plutão. Kuiper Belt; 8) O Potencial das Forças Perturbadoras. Convergência dos Desenvolvimentos Clássicos. Desenvolvimentos Alternativos; 9) Mapas Simpléticos; 10) Análise de Mapas Frequenciais. Análise de Fourier. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)