Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito de níveis crescentes de citrato cuprico sobre o desempenho de frangos de corte

Resumo

O cobre (Cu) é um micro mineral que está presente nos tecidos animais, sendo um elemento essencial na nutrição de frangos de corte. Quando adicionado à dieta em níveis acima do exigido pelas aves, possui ação promotora de crescimento. Na avicultura industrial, a fonte de cobre mais usada tem sido o sulfato de cobre penta hidratado devido a sua maior disponibilidade de cobre, quando comparado às outras fontes de cobre inorgânico existentes no mercado. Porém, em trabalho bastante recente, foi demonstrado que adicionando citrato cúprico, o qual é uma fonte de cobre orgânico ainda pouco utilizada, obtiveram melhores resultados de desempenho e também, uma redução do nível de colesterol da carne do frango. Este dado é muito importante, uma vez que o mercado consumidor tem exigido produtos, seja qual for a sua origem, com baixos níveis de colesterol, devido ao mal que este traz à saúde quando em excesso. O objetivo deste experimento é de avaliar o efeito de níveis crescentes de citrato cúprico adicionados à ração de frangos de corte sobre o desempenho e analisar os níveis de colesterol do músculo do peito das aves. Os resultados obtidos com a adição deste composto serão comparados aos obtidos com a suplementação de sulfato de cobre penta hidratado na ração. O experimento será realizado no aviário experimental do Departamento de Zootecnia da Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz", Piracicaba-SP. Serão utilizados 1200 pintos machos de corte de um dia de idade, da linhagem Hubbard-Peterson. O período experimental será de 42 dias, onde serão fornecidas rações de acordo com cada fase de crescimento das aves. Na primeira fase, que compreende do 1° ao 21° dia de idade, será fornecida a ração inicial. A segunda fase, do 22° ao 35° dia, será fornecida a ração de crescimento e, na terceira fase, do 36° ao 42° dia de idade, será fornecida a ração final. O delineamento experimental será inteiramente casualizado com 5 tratamentos e 6 repetições, utilizando-se 30 unidades experimentais com 40 aves cada. Os tratamentos consistirão de uma dieta basal não suplementada (controle negativo), e essa dieta basal suplementada com 50, 100 e 150 mg de citrato cúprico/kg de ração, respectivamente. O controle positivo consistirá dieta basal suplementada com 200 mg de sulfato de cobre penta hidratado/kg de ração. Ganho de peso, consumo de alimento, conversão alimentar e níveis de colesterol no músculo do peito são as variáveis que serão analisadas. Os resultados de desempenho e concentração de colesterol serão submetidos à análise de variância e regressão polinomial. Os resultados obtidos com o citrato cúprico serão comparados aos obtidos com o sulfato de cobre penta hidratado através de testes de médias, utilizando o programa SANEST (Sistema de Análises Estatística) de análises estatística. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)