Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise molecular da calcineurina em fungos patogênicos humanos

Resumo

O sensoreamento ambiental e a aquisição de nutrientes essenciais do ambiente são características metabólicas que estão associadas com o crescimento de P.brasiliensis e A.fumigatus num ambiente hostil, tal como o hospedeiro humano. O cálcio é um mensageiro secundário ubíquo que funciona em vias de transdução de sinais em organismos eucarióticos. A sinalização por cálcio é importante para diversos processos celulares, incluindo fertilização e desenvolvimento, exocitose, contração muscular, motilidade, quimiotaxia, divisão celular, diferenciação, morte celular programada e remodelagem da cromatina em organismos multicelulares eucarióticos. O nosso projeto propõe o estudo do sistema de regulação da fosfatase calcineurina em dois fungos patogênicos humanos P.brasiliensis e A.fumigatus, e a relação deste sistema com dois aspectos essenciais da virulência/patogenicidade destes organismos: 1) a transição dimórfica micélio-Ievedura em P.brasiliensis e 2) o sensoreamento do ambiente do hospedeiro humano e a aquisição de nutrientes em A.fumigatus. Nos últimos quatro anos, o nosso grupo tem trabalhado ativamente com ambos os fungos patogênicos, desenvolvendo uma série de recursos e ferramentas para o esclarecimento dos mecanismos de virulência/patogenicidade nesses organismos. Assim, os principais objetivos deste projeto são: 1) a análise da expressão gênica por microarrays da transição micélio-Ievedura em P.brasiliensis; 2) a identificação através do sistema duplo-híbrido de leveduras de cDNAs que correspondem a genes que codificam proteínas de P.brasiliensis que interagem com a calcineurina durante a transição micélio-Ievedura; 3) a construção de um vetor de transformação e inibição por RNAi; 4) a caracterização molecular do gene de A.fumigatus que codifica o homólogo do fator de transcrição Crz1 (CrzA) que é transportado para o núcleo após ser defosforilado pela calcineurina; 5) a identificação de genes que suprimam a ausência de calA e crzA de A.fumigatus por alto número de cópias e a análise da expressão gênica por microarrays do tipo selvagem e dos mutantes calA e crzA em diferentes condições de estresse; 6) a caracterização de genes envolvidos na utilização de fosfato inorgânico em A.fumigatus e a sua relação com calA e crzA mutantes e 7) a caracterização molecular de genes de A.fumigatus que codificam proteínas com domínios de ligação ao cálcio (EFhands). (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)