Busca avançada
Ano de início
Entree

A criança e o adolescente alvos de atos violentos ou vítimas potenciais da violência

Resumo

Pretendemos com este projeto aprofundar os conhecimentos sobre 'a criança em idade escolar e o adolescente' que estejam inseridos ou não no contexto educacional, mas que se encontra em circunstâncias especialmente difíceis no que concerte ao risco social. Especificamente, o projeto visa: analisar as iniciativas do município de Ribeirão Preto voltadas para a área da criança e do adolescente em situação de risco social e pessoal, que vêm sendo desenvolvidas após a promulgação do ECA -, analisar as característica da violência que as crianças e adolescentes vêm sendo acometidos no município de Ribeirão Preto; caracterizar os casos de crianças e adolescentes que foram vítimas de violência física, da região sudoeste da cidade de Ribeirão Preto, cadastradas no Centro de Referência da Criança e do Adolescente na Central de Atendimento Básico, através do Disque Denúncia no ano de 1998; analisar o significado da criança e do adolescente, que foram vítimas da violência física, acercada violência em geral - realizar levantamento do número de crianças e adolescentes que foram vítimas de violência doméstica sexual, tendo sido cadastrados no Centro de Referência da criança e do adolescentes de Ribeirão Preto, no período de 1995 a 1998; analisar o significado que tem para adolescentes que foram vítimas de violência doméstica sexual; identificar situações de crianças e adolescentes vitimizados que ocorreram no período de 1995 a 1998, no Fórum de uma Comarca de Vara única, município de Jardinópolis - analisar a percepção de crianças e adolescentes que estão na rua sobre os programas e instituições de atendimento voltados para a sua recuperação e reintegração; analisar as questões que levam os adolescentes a usar drogas: o significado em suas vidas e de suas famílias; realizar levantamento sobre o uso de drogas entre adolescentes do ensino fundamental e médio de escolas municipais de Ribeirão Preto - analisar as representações sociais de crianças e adolescentes explorados sexualmente acerca da prostituição infantil; caracterizar as causas que levam crianças e adolescentes se prostituírem, bem como as condições em que vivem em termos de escolarização, trabalho e moradia; caracterizar o processo de saúde e doença de crianças e adolescentes explorados sexualmente, identificando as suas informações acerca desse processo, bem como o seu acesso a serviços de saúde... (AU)