Busca avançada
Ano de início
Entree

Uma analise fisiologica e ultra-estrutural dos efetuadores da regulacao osmotica e ionica nos crustaceos palaemonideos.

Processo: 97/14655-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de abril de 1998 - 31 de março de 2001
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Pesquisador responsável:John Campbell McNamara
Beneficiário:John Campbell McNamara
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Osmorregulação  Ultraestrutura  Excreção 

Resumo

Os camarões palemonídeos representam um grupo de crustáceos particularmente bem sucedido e encontram-se amplamente distribuídos desde a água do mar até a água doce. Empregam diversas estratégias fisiológicas que permitem a sua sobrevivência nos diversos meios aquáticos entre esses dois extremos, particularmente no que tange aos mecanismos de regulação osmótica e iônica. Evoluirão poderosos sistemas de transporte iônico alicerçados na complexa estrutura dos epitélios ionotransportadores encontrados nas brânquias e túbulos renais, os efetuadores principais da regulação anisosmótica extracelular. O presente estudo propõe examinar a capacidade osmorregulatória e a ultra-estruturas do tecido branquial e das glândulas renais em uma série de palemonídeos desde uma espécie exclusivamente marinha, passando por espécies estuarinas e de água doce. Avaliar-se-á os padrões de regulação osmótica e iônica a curto e longo prazos, parâmetros morfométricos quantificáveis (volume mitocondrial, altura e densidade numérica de microfilos apicais, relação superfície de membrana/volume citoplasmático), bem como a localização subcelular e quantificação do número de sítios da enzima ATPase Na+/K+-dependente, e padrão eletroforético de proteínas da hemolínfa. Os dados obtidos dessa série de crustáceos devem permitir relacionar a capacidade osmo e ionorregulatória com aspectos quantificáveis da ultra-estruturas dos epitélios transportadores, revelando os mecanismos fundamentais que permitiram a invasão e o estabelecimento dos palemonídeos na água doce. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MCNAMARA, JOHN CAMPBELL; FREIRE, CAROLINA ARRUDA; TORRES, JR., ANTONIO HERNANDES; FARIA, SAMUEL COELHO. The conquest of fresh water by the palaemonid shrimps: an evolutionary history scripted in the osmoregulatory epithelia of the gills and antennal glands. Biological Journal of the Linnean Society, v. 114, n. 3, p. 673-688, MAR 2015. Citações Web of Science: 16.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.