Busca avançada
Ano de início
Entree

Bioecologia de Xanthomonas axonopodis pv. citri, agente causal do cancro cítrico no estado de São Paulo

Processo: 99/12598-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Temático
Vigência: 01 de abril de 2001 - 31 de dezembro de 2005
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia
Pesquisador responsável:Julio Rodrigues Neto
Beneficiário:Julio Rodrigues Neto
Instituição-sede: Instituto Biológico (IB). Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA). Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):01/06753-3 - Estabelecimento de uma coleção de culturas e análise da diversidade genética de linhagens associadas ao cancro cítrico no estado de São Paulo, BP.IC
01/06752-7 - Análise de diversidade dos genes de patogenicidade avr e HRP em "Xanthomonas" patogênicas a citros, BP.IC
Assunto(s):Controle fitossanitário  Análise de sequência de DNA  Xanthomonas axonopodis  Cancro (doença de planta)  Citricultura 

Resumo

Grupos de pesquisa no estado de São Paulo estarão empenhados no desenvolvimento de estudos que possibilitem caracterizar a diversidade genética por meio de tipagem molecular das linhagens bacterianas de Xanthomonas axonopodis pv. citd (Xac) que ocorrem no Estado de São Paulo, e que em conjunto com programas de epidemiologia quantitativa poderão fornecer subsídios para melhor compreensão e orientação nas estratégias do controle/manejo do cancro cítrico. Além disso, serão desenvolvidas metodologias rápidas de caracterização e diagnóstico, bem como estudos para se avaliar a sobrevivência bacteriana em diferentes substratos e/ou organismos. Com objetivos a médio e longo prazo e em cooperação com diferentes grupos de pesquisa dentro de uma rede temática, a presente proposta compreende 05 (cinco) subprojetos, onde serão pesquisadas a diversidade, técnicas para detecção diagnóstico e a ecologia de Xanthomonas axonopodis pv. citri. O primeiro subprojeto compreende a implementação de uma Coleção de linhagens de Xac, onde as bactérias isoladas serão preservadas por meio de liofilização e ultra-congelamento, atuando como um depositário de apoio e fonte permanente de culturas puras e estáveis de Xac, indispensáveis aos projetos que se seguem. O segundo subprojeto prevê o emprego de técnicas moleculares voltadas para metodologias; rápidas de caracterização e tipagem molecular de Xac, destacando-se: sequenciamento de nucleotídeos de elementos repetitivos de Xac, avaliação do polimorfismo com utilização de genes avr e hrp-C2 por PCR, RFLP e LMPCR, estabilidade do perfil de RFLP, análise plasmidial de Xac, análise das regiões espaçadoras 16S-23S e gene groEL. O terceiro subprojeto está voltado para o desenvolvimento de técnicas para a detecção e diagnose específica de Xac, e compreende a formulação de meios semi-seletivos para Xac, pesquisas de "primers" e desenho de "primers" específicos para Xac e o emprego serologia (DAS-ELISA - "double antibody sandwich enzyme-linked immunosorbent assay"). As técnicas mencionadas serão testadas para examinar a presença e/ou sobrevivência de Xac em diferentes tipos de amostras de vegetais, restos de cultura e solo. O quarto subprojeto visa estudar a ecologia de Xac no aspecto da sua sobrevivência em material vegetal infectado, restos de cultura, solo e/ou como epífita em plantas silvestres, utilizando-se das técnicas a serem desenvolvidas no subprojeto 03. Estas informações são de grande importância para o conhecimento da variação populacional. de Xac sob diferentes condições, indispensáveis na definição das estratégias de erradicação ciou manejo do cancro cítrico. 0 quinto subprojeto compreende a pesquisa para a identificação de linhagens de Xac produtoras de bacteriocinas, objetivando a biotecnologia com a possível incorporação destes genes produtores em plantas, visando resistência ao patógeno. (AU)