Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo de um aco inoxidavel austenitico de elevado teor de nitrogenio para utilizacao em implantes cirurgicos.

Processo: 98/00275-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de maio de 1998 - 31 de março de 2000
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Metalurgia Física
Pesquisador responsável:Andre Paulo Tschiptschin
Beneficiário:Andre Paulo Tschiptschin
Instituição-sede: Escola Politécnica (EP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Nitrogênio  Resistência à corrosão  Aço inoxidável 

Resumo

A adição de nitrogênio aos aços inoxidáveis austeníticos melhora: as resistências à corrosão, corrosão sob tensão e fadiga corrosão. Estes aços (0,6% N max.) podem conter elevados teores de Mn, e são utilizadas em aplicações médicas por não conter níquel, elemento que provoca alergia. O projeto visa obter e caracterizar um aço inoxidável austenítico de elevado teor de nitrogênio, sem níquel, (18%Cr, 15%Mn, 0,4%N) com vistas a sua possível utilização em próteses cirúrgicas. Será estudada a microestrutura, as propriedades mecânicas, de resistência à corrosão generalizada, por pites, suscetibilidade à sensitização e biocompatibilidade, sempre comparando os resultados com os obtidos para aços 316L convencionais. (AU)