Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliacao do papel da homocisteina como fator de risco coronariano em uma populacao brasileira.

Resumo

A homocisteína, um aminoácido sulfidrílico derivado da metionina, tem sido recentemente descrita como fator de risco para doença aterosclerótica em vários estudos na literatura internacional. Não dispomos até o momento de dados sobre seu papel como fator de risco na população brasileira. Neste projeto, realizaremos um estudo tipo caso-controle com 200 pacientes a serem submetidos à cinecoronariografia no Incor, realizando dosagem de homocisteína e, através de regressão logística, determinaremos seu papel como fator de risco nesta população. Avaliaremos ainda se a presença de altos níveis de homocisteína é determinante de maio gravidade da coronariopatia, analisando o número de vasos afetados e o grau de complexidade das lesões coronarianas. Em 800 pacientes distintos, seguidos ambulatorialmente, realizaremos um estudo de prevalência de hiperhomocisteinemia. Nos 1.000 pacientes que estarão envolvidos avaliaremos os níveis de vitB12 e ac. fólico e mutação da enzima metilenotetra-hidrofolato redutase como determinantes de hiperhomocisteinemia. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)