Busca avançada
Ano de início
Entree

Alterações plaquetárias induzidas pelo veneno da serpente Bothrops Jararaca em coelhos - estudo das glicoproteínas de membrana plaquetária, função plaquetária e meia vida plaquetária

Processo: 98/04188-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de dezembro de 1998 - 30 de abril de 2001
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Toxicologia
Pesquisador responsável:Ida Sigueko Sano Martins
Beneficiário:Ida Sigueko Sano Martins
Instituição-sede: Instituto Butantan. Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Plaquetas sanguíneas  Coagulação 

Resumo

Já é bem conhecido que o veneno da serpente Bothrops jararaca causa distúrbios na coagulação e fibrinólise. Contudo, pouco se sabe sobre sua ação in vivo nas plaquetas. Em estudos recentes, mostramos que esse veneno é capaz de causar trombocitopenia, distúrbios da agregação plaquetária e diminuição do número de corpos densos plaquetários, sugerindo que ele causaria uma ativação das plaquetas circulantes. O nosso escopo nesse projeto é melhor caracterizar as ações desse veneno in vivo, estudando, em um modelo experimental (coelhos), as alterações das glicoproteínas da membrana plaquetária, a determinação da meia-vida plaquetária, a produção de plaquetas "reticuladas" e a secreção de PF-4 e serotonina. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.