Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização molecular de rotavírus humano com especificidade para G5, detectados no Estado de São Paulo

Processo: 98/08656-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de novembro de 1998 - 31 de maio de 2001
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Maria Do Carmo Sampaio Tavares Timenetsky
Beneficiário:Maria Do Carmo Sampaio Tavares Timenetsky
Instituição-sede: Instituto Adolfo Lutz (IAL). Coordenadoria de Controle de Doenças (CCD). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Técnicas de genotipagem  Filogenia  Sequenciamento  Rotavirus  Reação em cadeia por polimerase (PCR) 

Resumo

Os rotavírus são responsáveis pelo alto índice de morbi-mortalidade infantil por diarréia aguda em todo o Mundo e, portanto, alvo de intensas investigações para o desenvolvimento de vacinas. Ainda este ano, duas vacinas estarão sendo licenciadas pelo FDA-EUA, da Wyeth-Ayerst Res. Lab. e da Merck, vacinas tetravalentes elaboradas com os sorotipos G1 a G4, e G1 a G3/P1, respectivamente. A presença de rotavírus humano sorotipo G5 circulando no Brasil, incidindo significativamente em várias regiões do Estado de São Paulo, levou-nos propor o estudo para a caracterização sorológica e molecular de amostras humanas de rotavírus G5, através de testes imunoenzimáticos, PCR, análise por enzimas de restrição e sequenciamento genômico. A análise molecular das cepas encontradas em nosso meio é de suma importância para se determinar os rearranjos genéticos e a evolução desses rotavírus, fornecendo subsídios para futuras estratégias de desenvolvimento de vacinas eficazes, voltadas à nossa realidade. (AU)