Busca avançada
Ano de início
Entree

Camundongos mutantes no estudo de mecanismos imunológicos de rejeição e tolerância ao transplante: mecanismos de rejeição de enxertos sem disparidade H-2 em camundongos mutantes para TAP 1 e ..

Processo: 98/10631-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de novembro de 1998 - 30 de setembro de 2001
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia - Imunologia Celular
Pesquisador responsável:Verônica Porto Carreiro de Vasconcellos Coelho
Beneficiário:Verônica Porto Carreiro de Vasconcellos Coelho
Instituição-sede: Instituto do Coração Professor Euryclides de Jesus Zerbini (INCOR). Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HCFMUSP). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Transplantes  Rejeição  Tolerância 

Resumo

Camundongos mutantes para TAP 1 e beta 2 microglobulina apresentam drástica deficiência na expressão de MHC de classe I, déficit na seleção positiva de linfócitos T CD8+ no timo, e deficiência dessas células na periferia. Dados do nosso grupo e de outros, mostram que além de rejeitar alara-enxertos, eles rejeitam enxertos sem disparidade H-2. Neste projeto, investigaremos mecanismos imunológicos deste tipo de rejeição, utilizando peptídeos sintéticos da molécula de classe I K b, investigando a aceleração de rejeição e indução de tolerância, em modelos de transplante (Tx) de coração e pele. Pretendemos também padronizar a técnica de Tx cardíaco vascularizado em camundongos. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MARRERO‚ I.; HUFFMAN‚ D.; KALIL‚ J.; SERCARZ‚ E.E.; COELHO‚ V. TAP1-/-mice present oligoclonal BV-BJ expansions following the rejection of grafts bearing self antigens. Immunology, v. 118, n. 4, p. 461-471, 2006.
SUÁREZ‚ I.M.; BENVENUTTI‚ L.A.; NORONHA‚ I.; VAN KAER‚ L.; KALIL‚ J.; COELHO‚ V. Rejection of grafts with no H-2 disparity in TAP1 mutant mice: CD4 T cells are important effector cells and self H-2b class I molecules are target. TRANSPLANT IMMUNOLOGY, v. 9, n. 2, p. 101-110, 2002.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.